Nota de esclarecimento aos funcionários da EFLCH/UNIFESP sobre a ocupação da Diretoria Acadêmica

Vimos por meio deste esclarecer ao servidores da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo os motivos que levaram os estudantes a ocuparem a Diretoria Acadêmica na noite de quinta-feira, 03 de maio, após deliberação da plenária do comando de greve. Este esclarecimento se faz necessário porque momento antes da ocupação funcionários estavam dentro do prédio que se encontrava fechado. Instantes antes, houve um tumulto em frente à porta. Diante desta situação,  dialogamos para que os servidores saíssem e os estudantes entrassem em seguida. Integrantes do comando de greve pediram licença aos servidores para que se organizasse a entrada dos estudantes, respeitando o seu ambiente de trabalho.

Gostaríamos ainda de pontuar algumas questões ocorridas no mesmo dia. Em reunião, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis informou que o reitor só negociaria a pauta de reivindicação com o movimento depois do término da greve e embora a PRAE tenha se comprometido em sua atual gestão não realizar sindicâncias contra os estudantes, minutos depois ao término da conversa, a Congregação do Campus Guarulhos aprovou abertura dos processos internos para criminalizar ações recentes do movimento grevista. Além da pauta de reivindicação material,existe também uma pauta política em defesa do direito de greve e pelo fim da perseguição política e  processos.

A greve permitiu a discussão sobre atual situação critica que vivemos, aprofundamento do debate sobre a construção do prédio nos três setores e elaboração de propostas que foram encaminhada à Reitoria da universidade juntamente com a pauta reivindicátoria. Neste momento, a ocupação é o método escolhido para exigir da Reitoria abertura das negociações.

Entendemos que seja essencial o apoio dos técnicos administrativos  à mobilização discente, pois eles fazem com que a universidade funcione diariamente mesmo sem espaço físico adequado de trabalho. Desde de seu início em 22 de março o movimento grevista buscou a unidade para lutar por melhores condições de ensino e de trabalho em nosso Campus. Estamos à disposição para esclarecimentos e abertos ao diálogo com os funcionários e funcionárias. Procurem a comissão de diálogo, comunicação e as demais comissões estarão na ocupação.

Atenciosamente,

Comissão de Comunicação da ocupação da Diretoria Acadêmica

Esse post foi publicado em Informes e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s