Nota de esclarecimento: Conflito durante a assembléia do dia 10 de maio de 2012.

Vimos por meio de nota esclarecer a confusão ocorrida durante a assembléia do dia 10 de maio de 2012, onde um estudante anti-greve após perder votação durante assembléia agrediu verbalmente de forma covarde um grupo de estudantes do movimento de forma machista e preconceituosa, o que ocasionou uma grande confusão durante os encaminhamentos das votações.

O estudante acuado diante as manifestações dos presentes foi escoltado pela Polícia Militar que foi acionada por um dos estudante presentes, e NÃO pelo movimento estudantil. Ele foi encaminhado para delegacia de polícia onde seria registrado um boletim de ocorrência contra ele devido a gravidade de sua ação.

Diante a confusão a plenária não conseguiu se restabelecer e 7 propostas deixaram de ser discutidas e votadas, ocasionando grande transtorno para os presentes.

Esse tipo de ação que não favorece o encaminhamento do movimento é uma clara tentativa de ferir os princípios democráticos do movimento estudantil que até agora garantiu a decisão da assembléia por manter a greve. Ao não se conformar com decisões tiradas em assembléia e partir para ações de agressão para desmobilizar os estudantes é de uma covardia sem precedentes.

REPUDIAMOS essa ação e aproveitamos para reforçar que o respeito pela decisão da assembléia é a garantia de um processo efetivamente democrático entre todos os estudantes. E que a violência surge justamente quando essa decisão não é respeitada.

Esse post foi publicado em Informes e marcado , . Guardar link permanente.

214 respostas para Nota de esclarecimento: Conflito durante a assembléia do dia 10 de maio de 2012.

  1. spirituarise disse:

    JOVEM, O AGENTE DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL – Estudante de universidade pública federal, membro do DCE, militante do PT, PSOL ou PSTU e que usa camisa do Che Guevara, boina com um bottom de estrela vermelha (ou foice e martelo), vagabundo, sujo, vândalo e quase sempre maconheiro.
    É impressionante essa parte do texto.

    • Marina disse:

      Por favor, chega com isso ou aquilo vai virar uma praça de guerra

    • DEPOIS RECLAMAM QUANDO APONTO PROBLEMAS COM CERTOS SETORES IDEALISTAS!

      Que visão de mundo!

      Nada como uma CRISE para revelar as entranhas físicas e das funções psicológicas superiores (superiores?) de certos estudantes.

      Ainda bem que são minorias, talvez os 10% dos contrários à greve (gente, que vista a carapuça quem quise, principalmente os melindradinhos que não aguentariam as aberrações que tenho ouvido no campu ou lido nas internets da vida.

      Um massacre!

      Ainda bem que tenho estrutura emocional para aguentar e mandar de volta quando necessário, até porque superei a velha hipocrisia que nem vou tocar para não ferir “almas” por aí. Esta luta intensa está EXPONDO AS VEIAS ABERTAS DO CAMPUS PIMENTAS!

      Sem cair no campo moralista: quanta gente RUIM!

      O interessante é que poderemos organizar um LIVROS DAS AGRESSÕES e depois problematizar com parte dos DOCENTES – que podem ser responsáveis por parte desta aberração.

      Grande GREVE! Vai além da pauta material e, quanto mais CRISE, mais nos anima para continuaar na luta, isto com 54 anos, imaginem a aguerrida garotada entre 18 e 25 anos!

  2. Talita disse:

    Meu os caras surtaram, estão falando agora em tradição, familia e propriedade, insultam-nos e nos demoniza, até Jesus entrou no meio, é o fim.

    • spirituarise disse:

      “Se a Revolução é a desordem, a Contra-Revolução é a restauração da ordem. E por ordem, entendemos a paz de Cristo no reino de Cristo.” (Plinio Corrêa de Oliveira)

      • LArs Cameschi disse:

        A religião é a demência coletiva. Bakunin

      • Alpha disse:

        Infelizmente, não é somente a religião que poderia ser interpretada desse jeito.

      • spirituarise disse:

        Senhor Lars, Gente que abre a boca sempre que pode, para alfinetar e difamar as religiões com frasesinhas de efeito para-adolescente-niilista-ver-e-rir que unicamente funciona como placebo para a vida inútil dos mesmos, sem ter nunca lido absolutamente nada de Jan Assmann, Philippe Simonnot, ou Lawrence E. Harrison, não merece ser levado a sério.

  3. spirituarise disse:

    Covardes, adoram destruir tudo que é justo, Olavo de Carvalho, disse que, para acabar com a esquerda devem-se usar as mesmas armas que a esquerda usa (O velho, veneno combate-se com veneno) Estamos usando o blog de vocês, para acabar com os problemas inúteis da juventude de vocês, que nada que boas horas de trabalho braçal não resolvam.

  4. Hermes disse:

    O que é isso, pelo amor?

  5. Marcelo disse:

    Não deixemos que estas incitações violentas nos façam perdem o que nos orienta, tenhamos calma para conter o ódio que estes caras ontem incitaram e agora incitam!

    • spirituarise disse:

      Marcelo, Por favor, mostre-me onde está o ódio por parte dos não grevistas?Não foram os não grevistas, que saíram obrigado tudo e todos impondo um sistema falso de democracia, se acreditam tanto que a greve é necessária, e que todos os estudantes são a favor (Ou pelo menos a maioria) diga-me, por que não fizeram um plebiscito para definir a greve ou a não criação da mesma? Ditadura pela suposta maioria é tão cruel quanto qualquer outra.

  6. spirituarise disse:

    E por que são tão soberbos quanto a isso? Se a greve é tão soberana para com os estudantes, por que apagam os comentários dos não grevistas? Covardia? Medo? Insegurança?

    • Marcelo disse:

      A incitação está quando se alcunha de vagabundo, de bixa, maconheiro como vocês estão fazendo, quando utilizam um discurso Main Kampf para tentar introjetar suas verdades, quando se utiliza de recursos retóricos conservadores e ultradireitista como esse seu.

      • spirituarise disse:

        Triste e decadente, e eu estava realmente esperando uma resposta à altura, de qualquer forma, reitero minha posição, e gostaria mesmo que todos os que são contra este totalitarismo imposto aos estudantes, que devolvam aos esquerdistas/grevistas na mesma moeda tudo o que nos fizeram. Há duas formas possíveis para isso, a retidão ou devolver na mesma moeda, cabe quem está contra a greve decidir o que é de mais justo e ético a se fazer.

  7. Alpha disse:

    parte 1

    parte 2

  8. Comunista disse:

    Como pode em tão pouco tempo a Unifesp ter se transformado nesse antro do que existe de pior na política brasileira: a esquerda extrema…

    Essa greve precisa terminar imediatamente… deixem a universidade para quem quer estudar!

  9. Jeferson disse:

    Eu só quero saber por que a votação no fim das contas foi mau realizada dando veridito sim pela continuação da greve e não a realizaram novamente por ter acontecido a confusão que aconteceu. Será que manipularam o voto causando aquela confusão só para não mostrar aquillo que é óbvio, ou seja, a maioria está cansada dessa greve ?.

    • Marcos disse:

      Os que votaram contra a continuidade da greve são monoamputados? Se são, foi manipulada; do contrário, não… ah, e logo que terminou a votação, antes do anúncio de “deu contraste”, o pessoal que veio para a assembléia só para votar nesse item começou cair fora cabisbaixa — se houvesse contagem ia ser ainda mais deprimente.

  10. Jeferson disse:

    No campus de humanas como Guarulhos encontra – se mais preconceito, discriminação, barbárie e segregação do que em qualquer outro lugar.

  11. babilucha disse:

    http://www.pco.org.br/conoticias/ler_materia.php?mat=36266

    Gente da uma lida nesta materia…. olha q parte interessante “Essa é uma importante vitória do movimento que enfrentou o boicote de alguns estudantes, da diretoria e reitoria.”…olhando este vídeos, lendo esta materia e presenciar o q presenciei ontem.. afffffff

  12. Gabriel H. disse:

    Senhores(as) favoráveis a greve, não explicito abertamente, dentro da universidade, o que eu penso por medo e não vou me identificar pela mesma razão, a ação intimidadora de vocês grevistas acabou com qualquer tipo de diálogo. Não acho possível que os senhores e seus amigos não tenham visto qualquer tipo de manipulação por parte de vocês. Então, por favor, me responda sinceramente algumas perguntas.
    Vocês acreditam MESMO nessa greve?
    Vocês acham mesmo que o cara que xingou a menina ta tão errado assim? Ninguem o xingou antes? E se ou invés de chamá-la de vadia ou vagabunda (xingamentos que servem só para o sexo feminino) ele a tivesse chamado de filha da puta, mandado tomar no cú ou ir se fuder, a repercussão iria ser a mesma? Pois eu, minha namorada e muitos amigos e amigas fomos xingados dessas formas e até de como sua amiga foi xingada também, por muitos de vocês (não quero generalizar) e ninguém fala nada. Até para provar, por favor avancem até 2:08 do vídeo UNIFESP GUARULHOS 10/05 parte2 que já foi publicado aqui. Não conheço a garota que estava filmando, mas isso é UM POUCO, na verdade MUITO POUCO, do que passamos ao irmos contra o pensamento de vocês.
    Vocês acham MESMO que o professor Julio é aqulo que vocês dizem? Voces o conhecem? Quando ele pediu a voz para falar em uma reunião do curso de História, (antes de toda confusão com ele), ele foi totalmente ignorado.
    Vocês acham que vocês não agrediram a professora Ana Nemi psicologicamente, ou a professora e a aluna de Letras fisicamente e psicologicamente? Realmente o machismos só existe quando é contra vocês, não é mesmo?
    Vocês acham que destruir as fechaduras das portas do campus está MESMO CERTO?
    Vocês acham mesmo que nessa assembléia (nem vou falar de outras) não houve nenhuma manipulação?
    Acreditam mesmo que vocês foram maioria?
    Me digam por favor, o que estavam fazendo em uma assembléia pessoas de fora da universidade, que me xingaram, me ameaçaram e tentaram me agredir em nome do “Movimento Estudantil”?. Provavelmente vocês sabem bem dos elementos dos quais estou falando. E antes que venham me dizer que a comunidade tem que entrar no campus, eu respondo que sou favorável à isso, desde que sigam regras de conduta mínimas, indispensáveis para o convívio em qualquer comunidade e desde que não seja em momentos tão complexos como esse, nem para garantir o voto de vocês à favor da greve.
    Por favor pessoas cegamente grevistas, me respondam para que eu possa tentar entender o que passa na cabeça de vocês.
    Não é possível galera, eu devo estar indo em uma Unifesp Guarulhos diferente da de vocês. O lance que eu acreditava que todo mundo, apesar das diferenças, estava lá pra criar uma Unifesp melhor minou.
    Grevistas, por favor, reflitam e me respondam.
    Tenho realmente muita curiosidade para saber o que se passa na cabeça de vocês.
    Ah, só um favor. Por favor respondam sinceramente, não me venham com todo o seu discurso ideológico pronto, respondam por si só, como seres pensantes. No que vocês escreverão, não usem citações, usem suas próprias convicções, aquilo que vocês acreditam como certo e errado, não quero saber de termos como “Luta de classes” ou “burguesia” ou o caralho a 4?
    Obrigado

    • Gal Lamarca disse:

      Esta mais do que na hora de acabar com essa brincadeira, vamos usar as mesmas armas que eles usam, a violência, e destruir esses piquetes restaurando a normalidade. Esta na hora de depor este lixo do comando estudantil, e formar outro realmente de forma democratica. Quem esta comigo?

    • Social Democracia disse:

      O fato Gabriel e que eles não tem resposta para as suas perguntas honestas e feitas com toda cordialidade, porque e como o velho dito diz:

      O MENTIROSO MENTE TANTO, MAS TANTO QUE ACABA ACREDITANDO PIAMENTE EM SUAS MENTIRAS!

  13. daniel disse:

    E eles ainda se dizem “democrático” … até parece… ESTAREI LÁ COM CERTEZA!!!!!!!

  14. CAPIVARA ADORA UMA PICA disse:

    TODOS CONVIDADOS PARA A FESTA DAS VADIAS SEXTA FEIRA!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s