Protesto!

Aconteceu hoje na Universidade Paulista – UNIP o Circuito Univer Cidade promovido pela União Estadual dos Estudantes (UEE-SP). o tema do evento era Educação integral e transformadora e durante o debate foi realizado um protesto com faixas para chamar a atenção dos estudantes para o REUNI e sua consequência no campus da Unifesp Guarulhos.

Esse post foi publicado em Acontece fora do campus e marcado , , , . Guardar link permanente.

10 respostas para Protesto!

  1. spirituarise disse:

    “Com bons professores, Uma boa formação se dá até embaixo de uma árvore.” Albertoni, um bom homem, (Derrubou todos os vagabundos que não querem estudar ou trabalhar, somente viver ás custas do dinheiro publico, e ao mesmo tempo, ainda querem reivindicações por sua preguiça e atos criminosos) Com somente uma frase. E pior, ofereceu vários anos, para os vagabundos modificarem o discurso mequetrefe de quinta categoria usado desde que a esquerda decidiu que não quer trabalhar, e os infelizes, surgem com a mesma ladainha de sempre.

  2. Zildjian disse:

    Intervenção típica de gente que aparece em link da Globo e comemora a “ocupação” da “mídia golpista”. E, numa boa, vocês querem sensibilizar alguém na UNIP (ou do público de suas similares)? Sério mesmo?

    Ok, lá eles tem um prédio maravilhoso, metrô na porta, ar condicionado, laboratórios hi-tech… E um ensino de merda! Parabéns aos envolvidos.

  3. Frida Kahlo disse:

    Olha que bando de trouxa, pensando que vão implodir a campanha do Haddad! Que blefe mal feito, moeda de troca espúria! Vocês vão acharcar o diretório do PT municipal assim?

    Um oferecimento: PSOL, PC DO B, PCO, PARTIDAO E ORGANIZAÇÕES TABAJARA!

  4. Alpha disse:

    Só porque a UNIP tem o maior número de computadores em rede kkkkkk

  5. Rodrigo História disse:

    Simplesmente porque o ex- ministro disse que ia estar lá….
    E se há responsáveis pela expansão calhorda de todas as universidades federais eles são o ex presidente (que inaugurou a pseudo universidade 2 vezes), o ex ministro, o atual e a atual presidenta.
    Que são os pulhas que tem responder por seus crimes, e não quem tem a coragem de cobrar pelos meios necessários que eles cumpram seu papel.
    E é muito melhor cobrar onde os responsáveis estão do que se esconder sob a luz do monitor e a segurança do teclado.

    Não reclame, faça algo!

    Venezza!

  6. Rodrigo História disse:

    Aliás nesse ou naquele.
    Quem vota é idiota!

  7. Frida Kahlo disse:

    “Com bons professores, uma boa formação se dá até embaixo de uma árvore.” Albertoni, um bom homem! FATO!!!

  8. Daniel Elias Chagas disse:

    A ÁRVORE, O ADUBO E OS SEUS FRUTOS
    Se olharmos a listagem que enumera as “melhores” universidades do mundo, dificilmente encontraremos nela alguma instituição que está instalada embaixo de uma árvore. Não sei se por acaso, essas instituições estão em países extremamente desenvolvidos – claro, são os mesmos países opressores para os quais os muitos estudantes que comungam com a colocação de Albertoni desejam estender suas graduações e assim por diante. No outro extremo, temos alguns miseráveis países africanos e latino americanos, ricos em recursos naturais (inclusive muito arborizados), a reproduzir o LIXO educacional do primeiro mundo com o intuito claro de alimentar e (des)preparar seus cidadãos para as potências exploradoras e muito bem rankeadas em níveis primários e superiores de educação.
    É muito lindo imaginar que o jovem que não consome as proteínas básicas para o seu bom desenvolvimento intelectual, que não tem períodos de sono adequados à captação de conhecimento, que “enfrenta” transportes públicos lotados e insuficientes, viaja longas distâncias para estudar, trabalha de oito a dez horas por dia, etc, seja capaz de aprender com qualidade embaixo de uma árvore.
    Mesmo assim, as mesmas pessoas que são vítimas (ou não – em sua grande minoria) de tal desnutrição reproduzem pensamentos opressores com muita naturalidade e com a pressa de quem almeja um canudo, para enfiá-lo no #!@* de quem não o tem, como símbolo de ascensão em qualquer nível discriminatório de uma sociedade que aprendeu a se contentar com o pouco – com um pouco do lixo que as nações desenvolvidas despejam aqui (em forma Best Sellers de autoajuda, tbm: “Não critique, não condene, não se queixe.”), o qual é misturado a nós e varrido à margem e aos pés das árvores, como adubo orgânico de vegetais frutíferos que servirão às mesas de quem poderá consumi-los… De quem PODERÁ!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s