Carta de mãe de aluna da Unifesp Guarulhos

O Movimento Estudantil da Unifesp tem buscado integrar diversos segmentos da universidade e sociedade em suas discussões sobre Educação Pública, Gratuita, de Qualidade e Popular.  Desde o início da greve, em 22 de março de 2012, vias de diálogo e articulação entre docentes, discentes e demais funcionários tem sido constantemente buscadas para que confluam em ações que possibilitem a melhoria de nosso campus.

Além dos debates sobre a falta de estrutura vivida pelo campus, o movimento tem realizado diversas atividades e discussões que pautam a melhoria da educação pública, o machismo, a homofobia, repressão, estrutura de poder na universidade e temas de interesse social, com palestras, aulas públicas, oficinas, exibição de filmes, grupos de discussão, atos, contando com a presença de professores da rede municipal e estadual, secundaristas, universitários de demais instituições de ensino, pais e mães de alunos e alunas, sindicalistas, associações docentes, movimentos populares, ativistas urbanos, moradores de bairros nas proximidades do campus Pimentas e população em geral.

Ontem, na audiência pública na Alesp, que teve como convidados o Ministério da Educação e Reitoria, à qual nenhum representante foi enviado, recebemos a manifestação da Sra. Luiza, mãe de uma aluna da Unifesp, campus Pimentas, que prestou seu depoimento ao público presente e leu uma carta, que segue abaixo na íntegra.

Assim sendo, convidamos demais pais e mães de alunos e alunas a também participarem das atividades e discussões de uma luta que é de todos, a luta pela Educação Pública, Gratuita, de Qualidade e Popular.

Clique para abrir: Carta de mãe de aluna da Unifesp Guarulhos

Esse post foi publicado em Cartas. Bookmark o link permanente.

28 respostas para Carta de mãe de aluna da Unifesp Guarulhos

  1. spirituarise disse:

    Nossa, A Clandestinidade desta paralisação tornou-se tão evidente que estão chamando até os funcionários públicos que alimentam os grevistas, (Com o dinheiro suado do cidadão de bem) para tentar alguma natureza de comoção entre os não bandidos. Crêem mesmo que algum não grevista (Não estou falando de um direitista) vai cair nesse discursinho mequetrefe de uma suposta mãe benevolente inquietada com a educação de terceiros e pior, entre esses terceiros, alguns criminosos, nocivos para com sua filha? A menos que seja unicamente uma “mãe” imoral, mamando em alguma teta pública, ou alguma “mãe” militante de algum partido político corrupto. Impressionante a falta de caráter e a devassidão moral destes grevistas, achegaram até a este ponto, por que vocês não admitem logo que querem existir à custa dos outros, sem trabalho e sem estudos? É menos tormentoso, e menos desonesto do que isso que vocês fizeram.

  2. Pedro Antunes disse:

    Mamãe foi garantir leitinho com pera, pra neném não dormir com fominha… Bilú-bilú!

  3. “A Universidade existe para criar Homens críticos”.

  4. Lish disse:

    Boa tentativa, Comando de Greve. Só que não.

  5. Pablo disse:

    Interessante como vocês, anti-greves, falam sozinhos e não percebem. Não quero supor (seria duplamente ridiculo) que vocês acreditem que alguém vê tais comentários e leva-os sequer em consideração. Falam com vocês mesmos, e, talvez exatamente por isso, como os escravos da caverna do Platão, não percebem que só as sombras escutam. A propósito, falando em deserto: quase dá pra ouvir o eco de suas lamúrias. O ridículo é sempre demedido.

    • Alpha disse:

      Ainda bem que você nos leva em consideração, já que se dá ao trabalho de vir até aqui para contestar. Agora cá para nós hein amiguinho “sophos”…”Escravo da caverna do Platão”…francamente…parece nome de boteco! affffff mais um que se julga “pensador” só porque leu “Convite à Filosofia” ahauahauhauahauah

    • Anti-greve até o fim! disse:

      Olha! Um filosofo de plantão! Que lindo! Quero ver quem vai te pagar pra filosofar, otário!

  6. Mãe que não deixou a filha ir na festa das vadias disse:

    O giannazi deve ter se arrependido até as tampas de ter convocado uma audiência e só ele ter aparecido…kkkkk

  7. Anti-greve até o fim! disse:

    Ah! Vou falar pra mami fazer uma cartinha pra acabar com a greve! Que apelação, que palhaçada! O meu mantra e: essa greve vai acabar e vcs vão voltar a praça e dar milho aos pombos, escorias da humanidade!

  8. Greve até o fim: o fim do semestre disse:

    E anti-grevistas até o fim, também somos grevistas até o fim: até o fim para cancelar o semestre. Se fuderam, seus idiotas.. hahaha papaizinho vai dar surrinha no bum-bum de você, porque estão matriculados mas não vão à faculdade! hahahaha Se fuderam! Falam tanto e o semestre é nosso!

  9. Greve até o fim: o fim do semestre disse:

    Tudo bem, tudo bem! Dirão: aí a prova de que vocês não querem estudar! Cancelam o semestre e comemoram, enquanto nós estamos desesperados, porque o diploma é a única oportunidade de sermos alguém na vida. Mas, meus caros, não é questão de estar feliz, mas sim o fato de que MAIS DA METADE DO CAMPUS é favorável à greve, caso contrário, por mais manipulada que fossem as assembléias, como vocês alegam, como poderíamos ter segurado a greve por quase um semestre inteiro, a ponto de cancelar o mesmo, fuder a diretoria, o belo plano de aulas do professores, e vocês, seus imbecis.

    Se fuderam! Pena que a queda do Marco César não vai levar essa tralha junto com ele. Ao menos se fuderam um pouquinho.

  10. Greve até o fim: o fim do semestre disse:

    Blá! blá! blá! Podem continuar latindo. Só me respondam: por que não se coligaram e acabram com a greve, já que esta é mera manipulação? Se é tão simples, se vocês detém a maioria, e a mnoria manipuladora toma conta de tudo, por que não estamoa em aula? Enfim…

    A propósito: estão lendo o que nesse semestre? Só pra saber, já que na faculdade, esse semestre, não puderam ler absolutamente nada. Pois sei que vocês só leem pra tirar nota. HAHAHAA

    ANTI-GREVISTAS SE FUDERAM. UNIFESP É NOSSA! DE QUEM LUTA! VEM TOMAR, CÃES SEM FARO! HAHAHA

  11. Greve até o fim: o fim do semestre disse:

    Fim de linha pra vocês! Pede pro papaizinho, funcionário público, ralado, escravinho feliz, como vocês, pra pagar uma UNINOVE da vida, ou coisa que o valha. Saibam que TODAS as aulas desses semestre TERÃO QUE SER REPOSTAS. A universidade, sua burocracia, e junto dela os vermesinhos rastejantes que só existem na internet, terão que se haver com um acúmulo de conteúdos que vai levar essa estrutura de bosta ao colapso. E vocês juntos, o vômito desse estômago morto!

    Se preparem pra repor, otários. A culpa é de vocês, que não foram capazes de conter a greve! tão faladores, e tão IMPOTENTES!

    • Alpha disse:

      Olha o desespero da marionete-capivara, mesmo já se encontrando no buraco ainda quer sair por cima. Digamos assim: mais um inútil para sustentar. O mais curioso é saber que o seu maior mérito (e de sua gangue também) foi simplesmente atrasar o lado dos estudantes. Pois cá para nós, o maior entrave que você poderia causar aos docentes e à direção seria no aspecto financeiro, mas os docentes e técnicos administrativos não tiveram um desconto sequer por causa da paralisação, muito pelo contrário, praticamente ganharam sem precisar trabalhar.

      Só para você ter uma ideia, um professor lá deve ter ganhado 16 mil reais durante todo esse tempo apenas para, basicamente, tomar café na cantina e resolver pendências mais de domínio pessoal do que do interesse discente propriamente dito, pois o docente sequer precisa assinar ponto, sem contar os técnicos administrativos e os terceirizados, que receberam os seus respectivos salários “lindamente”.

      Quanto a disciplinas que os professores não conseguiram ministrar nesse semestre… ah amigo.. não se preocupe, oportunidade é o que não faltará, sabe por quê? Porque o cargo deles é vitalício. E creio que eles não tenham se incomodado nem um pouco em tomar cafezinho em vez de dar aula, é preferível isso a se misturar com a molecada, é melhor deixar a paralisação crescer porque o deles já está ganho mesmo, concorda comigo? Repor aulas, correr atrás de leituras e tantos outros expedientes para tentar fechar o semestre… onde está a dificuldade nisso? Pois praticamente só tivemos 2 semanas de aula e até que um bom tempo de férias, o que faz de reposição de aulas, caso haja, ser fichinha. As previsões catastróficas que você está fazendo a título de punição praticamente não representam grandes empecilhos, talvez isso seja mais pesaroso para os calouros (inclusive muitos apoiaram vocês) do que para os veteranos, no final das contas prevalecerá o bom e velho “acordo de cavalheiros”, por isso que sua tentativa em esfregar o prejuízo em nossa cara não passa de mera birra de sua parte, pois esse dito prejuízo que você tanto faz alarde será inerente a todos os alunos.

      Agora, falando por mim, essa greve não altera em nada o curso das coisas porque tomei algumas precauções antes mesmo de ingressar na Unifesp. Mas mesmo estando em situação até, digamos, privilegiada, sou contra essa paralisação simplesmente porque além do caráter intrinsecamente inútil, já que ela não atinge quem deve atingir, penso também nos colegas que, de certa forma, sacrificaram alguma coisa da vida deles para poder estar naquele lugar, mesmo sabendo das condições. Mas a grande lição de todos esses percalços é que o único lado que você conseguiu mesmo atrasar, de verdade, foi o seu, já que sua ideal pretensão malogrou miseravelmente.

      • Anti-greve até o fim! disse:

        Agora vc pois o dedo na ferida e apertou Alpha, parabéns! Se eu fosse o cara, depois desta, minha única chance seria alistar-me no exercito Taliban!

    • Anti-greve até o fim! disse:

      Mas já esta jogando a toalha, vc não falou que a greve vai continuar? Só se for na sua cabecinha doente né seu esquizofrênico!

      Quanto a repor aulas isso pra mim e diversão, pois pra quem ta acostumada com o trampo, pra quem não e vagabunda como vc, estudar e uma delicia! Adooooooro!

  12. Carlos Cachoeira disse:

    Quem disse que os professores irão querer repor, minha gente? Vocês estão mesmo sonhando que eles vão passar as férias repondo nossas aulas… senta lá!

  13. Carlos Cachoeira disse:

    Por que vocês acham que eles não aderiram?? A situação parece bem comoda, nós fazemos a greve enquanto eles planejam suas viagens para Europa nas férias. Certo eles!! Nos fudemos e não foi por falta de aviso da parte deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s