Situação precária do bandejão: Marcos Cezar e a reitoria colocam a saúde de três mil alunos em risco

O filme que você irá assistir foi realizado logo após a ocupação do bandejão pelos estudantes da Unifesp. Nele aparecem cenas que ilustram bem como a burocracia universitária trata um bem que deveria ser público.

Os estudantes sempre criticaram o estado do bandejão. Inaugurado há três anos em uma estrutura que deveria ser provisória, as instalações até hoje não foram substituídas por uma construção de alvenaria. Com isso, o galpão feito com madeira de péssima qualidade está literalmente caindo aos pedaços.

Logo após a ocupação do espaço, realizada no dia 27 de maio, domingo, foram constatadas situações que mostram que, entre outras coisas, a política de terceirização do bandejão está colocando em risco a saúde dos estudantes, professores e funcionários que frequentam o local. Paredes mofadas, sujeira em diversos locais, buracos que evidenciam a presença de ratos onde são estocados os alimentos, formigas, lesmas, mosquitos entre outras coisas.
Veja o vídeo o constate você mesmo a situação de calamidade do restaurante universitário.

Vídeo | Esse post foi publicado em Acontece no campus e marcado , , , . Guardar link permanente.

49 respostas para Situação precária do bandejão: Marcos Cezar e a reitoria colocam a saúde de três mil alunos em risco

  1. spirituarise disse:

    Façam como qualquer estudante minimamente honesto, se a comida oferecida praticamente de graça não lhes agrada, que vocês mesmo sejam capazes de levar a própria comida. Por que esquerdistas querem tudo à custa dos outros?

    • Aldiviva Licante disse:

      É lamentável que algumas pessoas tenham direito por favor. Assim, um direito, o bandejão oferecer condições minimamente decentes, é tido como um favor. Neste sentido, o fato de vídeo expor a precariedade é na lógica destas pessoas uma atitude ingrata. Mas desde quando um restaurante ter condições mínimas de higiene é favor? Que fique claro que higiene é uma necessidade que os restaurantes devem contemplar. Como se vê, a lógica destas pessoas é totalmente infundada, é algo tanto sofista.

      • spirituarise disse:

        Bom, se levarmos em conta que: A) Não sou favorável a universidade pública gratuita, B) Vocês não têm mérito nenhum para criticar o estado do local em questão. C) O contribuinte não deve ser obrigado a pagar por sua formação e ainda sua alimentação diária. (Ou quer me dizer que 2,50 R$ são válidos pela qualidade da comida? D) argumentos relevantes já foram eloqüentemente ditos por Holter 24 e Jeferson e até agora não vi um de vocês terem capacidade para contrapor.
        Lamentável é sua defesa ao achar que o Estado tem por obrigação/dever alimentar centenas de estudantes que podem muito bem pagar/levar a própria comida, agora, pergunto-me, o senhor sabe quem paga sua alimentação? Quantas pessoas no Brasil não desejam a mesma alimentação pelo mesmo preço? É impressionante, vocês agem com essa facécia de lutar pelo coletivo, porém somente pensam em vocês mesmos, não vejo greves de estudantes para melhorar a alimentação das escolas básicas (Na maioria das vezes arroz, feijão e ovo cozido) Já visitei o “Bandejão” algumas vezes, e novamente repito, quem não está contente que leve a própria comida, quanto a este vídeo tendencioso, por que os estudantes grevistas não começam a trabalhar no coletivo e arrumem o “bandejão?” Patéticos, comunismo com o dinheiro dos outros, eu também quero. Aquela velha história, primeiro o meio em que vivo, os outros se sobrar tempo.
        Poxa, você são Marxistas, e agora querem higiene de um restaurante de classe (pago pelo Burguês, diga-se de passagem)? É, é bem coisa de Marxista mesmo.

        • Aldiviva Licante disse:

          Falo por mim: não reclamo da comida servida no Bandejão, não sou cínico: não que devamos exigir que neste restaurante seja servido lasanha ou pratos desta extirpe. Claro, seria muito bom, mas isso não necessidade essencial. O que é essencial é que tenhamos um restaurante que seja minimamente higienizado. Qualquer restaurante deve prezar pela higiene, assim como um hospital deve ter médicos e equipamentos para tratar dos enfermos. Não se trata de luxo, mas de uma condição básica. Mais uma coisa: você diz que nós não fazemos greve para “melhorar a alimentação das escolas básicas”, inculcando que pensamos somente em nós mesmos. Mas te pergunto: se o teu argumento faz sentido, como você explica o fato de termos incluído na pauta a aplicação de 10% PIB na educação? Por acaso, com maior verba aplicada à educação, não se terá a possibilidade de “melhorar a alimentação das escolas básicas”? Para mim resposta é sim. Como se pode ver, tua argumentação carece de solidez.

          • spirituarise disse:

            Senhor, antes de qualquer coisa, tens alguma noção (mesmo que básica) de economia? Sabe O quanto seria trágico para o Brasil (que possui economia totalmente centralizada) usar 10% do PIB para a educação? Um setor onde não importa o quanto se invista, o Lucro será mínimo? Ou seja, os estudantes não vão devolver o investimento feito pelo estado (Os cidadãos), Compreende por que nenhum país minimamente desenvolvido gasta 10% do PIB com educação? O estado não deve investir quer seja em educação superior (Onde as universidades públicas são em algumas das vezes melhores que as particulares) ou gastar um rendimento desta magnitude num setor muitas vezes elitizados, o estado deve ser mínimo e a distribuição descentralizada. Você por acaso é militante do PSOL ou PSTU? Somente sendo de extrema esquerda para pensar num absurdo desses. Outros exemplos? Como o setor Privado sobreviveria com a concorrência desleal? Por que diabos o plantador de feijão que vive sabe-se deus onde precisa arcar com sua educação? Educação é mercadoria, afinal somente se educa para fortalecer a economia, caso queira educar-se pensando de forma diferente, que estude em sua própria casa, e sim, de tempos para cá, sou a favor da privatização até da educação básica, não se deve dar educação a todos com o dinheiro de todos.
            Quanto ao inicio de sua resposta, novamente mantenho minha posição, O estado não deve arcar com a alimentação de estudantes que podem levar e comprar a própria comida, se as condições são tão ruins, o estado deve simplesmente fechar o local. Apresente-me um bom motivo do estado (contribuinte) arcar com sua alimentação e mudo meu discurso.

            É impossível multiplicar riqueza dividindo-a.

            “É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Por cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber.

            O governo não pode dar para alguém aquilo que tira de outro alguém. Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.

            É impossível multiplicar riqueza dividindo-a.”

            Adrian Rogers, 1931

          • spirituarise disse:

            O Estado não tem que abonar a prosperidade de nenhuma pessoa. O que ele tem de fazer é no máximo acomodar o ínfimo para que os indivíduos definam seu amanhã da maneira mais conscienciosa aceitável. Ilusório? Não. Basta ver os exemplos, Cingapura, Suíça, Alemanha, Dinamarca, Noruega.
            P: S todas essas nações são devidamente de direita (Ou seja, a favor do liberalismo econômico)

          • spirituarise disse:

            Rawls fala sobre o cenário social mas com igualdade de oportunidades:
            Caso tenha interesse, Rawls tem um ponto de vista interessante, não que eu concorde inteiramente com tudo, porém talvez se aproxima do que você procura.

            “Rawls não se restringe a descrever uma situação de injustiça social; aliás, raramente o faz. Parte do pressuposto de que a desigualdade é inerente à condição do homem em sociedade, e que o homem é intrinsecamente auto-interessado, um “egoísta racional”. Ainda assim, julga, ele pode superar essa condição ao se associar a outros para estabelecer os princípios da vida em comum. Para que a escolha dos princípios não seja distorcida por esses interesses, tal escolha se efetua por trás de um “véu de ignorância”, os agentes ignorando sua posição atual bem como suas chances futuras na sociedade, assim como as dos demais. A essa situação chama de “posição original”.

            Uma vez escolhidos os princípios para essa sociedade, que são, argumenta, o “princípio da liberdade igual para todos” e o “princípio da diferença”, caberá a cada sociedade, em seu plano doméstico, deliberar sobre a forma de pôr em prática esses princípios

            A igualdade de oportunidades só pode ser efetiva se todos se beneficiarem das mesmas condições formais de educação, saúde e alimentação, dentre outros bens primários. Caso todos possuam acesso pelo menos aos bens básicos, a condição inicial será justa. Isso não significa que não haja mais desigualdade, mas essa desigualdade será pelo menos aceitável para os que se encontram na base da pirâmide social, que é o enunciado do princípio da diferença. Como diz Rawls, “igualdade de oportunidades é um certo conjunto de instituições que assegura igualmente boa educação e chances de cultura para todos e que mantém aberta a competição para posições com base em qualidades razoavelmente relacionadas à performance”.”

  2. Alpha disse:

    Quer dizer que agora é preciso ter cadastro para postar aqui? Realmente esse movimento está cada vez pior… daqui a pouco virá a moderação de comentários kkkkkkkkkk

  3. MANIFESTO DO COLETIVO FILOSOFIA DA PRÁXIS

    AGORA É A VEZ DA BUROCRACIA DO DIRETOR ACADÊMICO E INCLUI PARTE DOS DOCENTES ESCOLÁSTICOS E MEMBROS DA CONGREGAÇÃO EXPLICAREM ESTE ESTADO DE COISA.

    E vamos registrar o que um DOCENTE COM CURRICULO LATES fez logo após a histórica assembléia realizada no dia 22 DE MARÇO DE 2012, que disparou a MOBILIZAÇÃO ESTUDANTIL DA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS PIMENTAS:

    “O QUE VOCÊ VAI FAZER COM A SUA GREVE!”. Era o começo do fim desta casta escolástica que se esconde atras de CURRICULOS LATES A EXEMPLO DO REITOR AFASTADO DA UNIFESP.

    Para evitar oportunismo CORPORATIVISTA, FICA REGISTRADO QUE A UNIFESP GUARULHOS TEM 180 DOCENTES, TODOS SEM EXCEÇÃO SÃO APONTADOS COMO, SENÃO OS MELHORES, COMO OS DOCENTES PREPARADOS PARA QUALQUER UNIVERSIDADE NAS DIVERSAS ÁREAS DE HUMANAS, SEJA NO BRASIL, OU NO EXTERIOR.

    O que faltava eram as condições para que exercecem plenamente sua atividade laborativa: salas de aula em número suficiente, biblioteca adequada, LABORATÓRIOS DE LINGUAS, ESTUDANTES COM MORADIA E APOIO NAS BOLSAS entre outros, denunciados desde 2007.

    Quanto aos 48 ESTUDANTES que foram ABSOLVIDOS EM PRIMEIRA INSTÂNCIA, finalmente estamos TRAZENDO A TONA QUEM REALMENTE DEVERIA ESTAR SENDO INVESTIGADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, NO MÍNIMO, POR INCOMPETÊNCIA:

    PARTE DA REITORIA, PARTE DO CONSU, PARTE DA CONGREGAÇÃO E DIRETOR ACADÊMICO DA UNIFESP.

    MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO: É A SUA VEZ DE SE POSICIONAR e estamos aguardando AGENDAMENTO COM O MINISTRO PARA EXPOR TODAS ESTAS MAZELAS DE UMA EXPANSÃO SEM A MENOR CONDIÇÃO DE ESTRUTURA, POSSIBILITANDO APENAS A FORMAÇÃO DE MÃO DE OBRA PRECARIZADA PARA DAR AULAS EM ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS!

    Provamos na luta prática e teórica, embasada no PRINCIPIO DA DEMOCRACIA OPERÁRIA, que não somos tudo aquilo que estes PRÁTICO-UTILITÁRIOS nos acusam sistematicamente e de forma PRECONCEITUOSA, sem inclusive dizer sobre a origem daquilo que nos sentenciam.

    Sabemos exatamente com QUEM ESTAMOS LIDANDO e pedimos que a SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA FIQUEM ATENTAS AO INTRAMUROS DA UNIFESP GUARULHOS PIMENTAS, caso contrário, PODEREMOS SER LITERALMENTE “ESMAGADOS” PELO PODER QUE NOS CERCA, BASEANDO-SE APENAS EM FACTÓIDES criados de forma PRECONCEITUOSA para jogar o SENSO COMUM contra o MOVIMENTO DE GREVE E OCUPAÇÃO!

    AOS ESTUDANTES: primeiro tivemos de ENFRENTAR A BUROCRACIA, A ESCOLÁSTICA E OS ALPHACINHAS ESCROTINHOS E O SEU MOVIMENTO DENOMINADO “M.E.R.D.A.”, vejam o blog da GREVE.

    No nosso ponto de vista POLÍTICO, esta sigla SIGNIFICA: Movimento Estudantil Reacionário Dos Alphacetes.

    Depois surgiu parte dos ESTUDANTES LIGADOS À ATLÉTICA e alguns antigos, como o cara que defende o ATAQUE FEROZ AO PINHEIRINHO e, por último e não menos importante, o tal CONTRAPONTO. Formado por ESTUDANTES QUE SABEM O QUE ESTÃO FAZENDO E LANÇARAM SEU MANIFESTO (para tentar cavalgar em cima de um CAVALO SELADO) e outros desavisados.

    EM PLENÁRIA DO COMANDO DE GREVE E DE OCUPAÇÃO, DEBATEMOS LONGAMENTE “QUAL O NOSSO OBJETIVO NESTA GREVE E OCUPAÃO”, sendo consensado que nosso OBJETIVO PRINCIPAL É A “PAUTA DE REIVINDICAÇÕES”, sendo que a mesma contém 3 (três) EIXOS CENTRAIS:

    1. LUTA CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DO MOVIMENTO ESTUDANTIL E A REPRESSÃO DA UNIFESP.
    2. DEMOCRACIA NAS DIVERSAS INSTÂNCIAS DA UNIFESP.
    3. INFRA-ESTRUTURA (vamos debater a pauta dos estudantes, complementada com a dos DOCENTES que, desde 2011 DENUNCIAL QUE A SITUAÇÃO SERIA IMPREVISÍVEL EM 2012 – VEJAM CARTA À CONGREGAÇÃO ENVIADA PELO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS.

    Portanto, os FACTÓIDES DA BUROCRACIA CONTRÁRIAS À GREVE E A OCUPAÇÃO, estão aos POUCOS E COM MUITA LUTA, se esvaindo.

    FORA MARCOS CEZAR E TODOS AQUELES QUE REPRODUZEM A IDEOLOGIA DO POSITIVISMO NAS UNIVERSIDADES, NATURALIZANDO TUDO E ATRAVANCANDO QUALQUER INICIATIVA QUE VISE TRANSFORMAÇÕES.

    PARA NÃO FALAREM QUE SÃO DISCURSOS PANFLETÁRIOS, VEJAM AS MOBILIZAÇÕES QUE AOS POUCOS ESTÃO TRAZENDO A POPULAÇÃO DOS PIMENTAS PARA DENTRO DA UNIVERSIDADE, SENDO QUE A PRÓXIMA SERÁ COM OS “SKATISTAS”, quando deverão trazer um PROJETO DE PISTA para, JUNTOS, disputarmos o PROJETO DA UNIVERSIDADE ABERTA DOS PIMENTAS OU DO “ALTO DO TIÊTE”!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Alto do Tiête??????????
    ALTO DO TIÊTE???????
    A L T O DO T I Ê T E??

    Que PORRA É ESTÁ?

    Calma, esta é outra história e tem que ser melhor APURADA. Talvez explique muita coisa, inclusive a tal DEMORA DA LICITAÇÃO!

    ATÉ A VITÓRIA!

    • Anti-greve até o fim! disse:

      Calma sr Juraci garanto-lhe que nao se trata de nenhum empreendimento imobiliário; concordo que o nome Alto do Tietê como o sr, equivocadamente, escreve até sugere isso, mas fique tranquilo! nao sao concorrentes!! Kkkkkkkkkkkkkkkk

      A Região do Alto Tietê, é a denominação aplicada aos municípios localizados na região da nascente do Rio Tietê. São eles: Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano, totalizando 1.511.078 habitantes. A região recebe esse nome por causa da localização geográfica das cidades. O Rio Tietê nasce no município de Salesópolis e percorre parte desses municípios antes de chegar a Capital.

      Tão idoso e aprendendo né!?

    • Alpha disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Alphabetos, vamos lá:

        1. Mais de 6 anos e a “tal licitação” não sai.
        2. No Brasil inteiro qualquer um sabe que licitação é uma questão política. Quando um governo, seja ele qual for, tem interesse, a “tal licitação” saí em tempo recorde.
        3. Horas, divulgamos que uma DOCENTE esteve na Igreja Nossa Senhora da Penha para visitar o imóvel ao lado da igreja, que está sendo ALUGADO OU VENDIDO. Segundo informações, tem dois interessados sendo uma CONSTRUTORA E O OUTRO É A UNIFESP!!!
        4. Após consulta na Diretoria Acadêmica e ao próprio Reitor, ambos disseram: não existe nenhuma ordem na UNIFESP de sair do Campus Guarulhos!!!
        5. Como fica? Qual a intenção desta DOCENTE, uma vez que repassaram o e-mail@unifesp.br e nome da mesma?
        6. Sabemos que existem pessoas ligadas ao PT entre estudante, DOCENTES, etc.
        7. Sabemos que existem CORRENTES DIFERENTES NO PT, COM PROJETO DIFERENTE.
        8. Ainda segundo informações, uma corrente defencia que a UNIFESP ficasse em São Paulo e outra (corrente) em Guarulhos.
        9. O ACORDO: FICA EM GUARULHOS, NO ENTANTO, A DENOMINAÇÃO SERIA “UNIVERSIDADE FEDERAL ALTO DO TIÊTE”, ampliando o leque de expansão da universidade, competindo desta forma com São Paulo, sem tirar a INSTITUIÇÃO DE GUARULHOS.

        Mais informações de acordo com o processo.

        Respondeu as perguntas, senhores feudais detentores do conhecimento escolástico academicista.

        Não adianta, embora importante, ter somente as informações geográficas, tem de estar ligar e isto só é possível na prática e não somente de carona no Blog da Greve?

        Seus desinformados, ambora não seja movidade, alienado é que nem mato, tem pra tudo que é lado!

    • Alpha disse:

      Alto do Tiête??????????
      ALTO DO TIÊTE???????
      A L T O DO T I Ê T E??

      Que PORRA É ESTÁ?

      Quase urinei de tanto rir hahauahauhauahau

  4. Mario santos disse:

    Meu que porra eh essa? O Juraci enlouqueceu.

  5. GALERA!

    ESTE BLOG COM MAIS DE 5.00 VISITAS CORRE RISCOS DE SER “CENSURADO”, AS CORRENTES CONTRÁRIAS AO MOVIMENTO ESTUDANTIL DA UNIFESP GUARULHOS PIMENTAS ESTÃO SE REORGANIZANDO, VISANDO O ISOLAMENTO DO CAMPUS GUARULHOS.

    REFORÇAMOS A PROPOSTA DE QUE A ASSEMBLÉIA “INTERCAMPI” DA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA SEJA NO CAMPUS OCUPADO. TEMOS DE SAIR URGENTE DO ISOLAMENTO QUE ESTÃO PREPARANDO, VISANDO PASSAR O TRATOR!

    QUEM SE LEMBRA DA GREVE DO ANO PASSADO, MASSACRADA PELA ESCOLÁSTICAS E OS DNAs DE ALPHACETES ESCROTINHOS, ou ainda de COMPANHEIROS que hoje estão na luta, mas que vacilaram, inclusive dizendo “GREVE NÃO É BRINCADEIRA?”

    CALMA COMPANHEIROS: “O BARATO É LOUCO E O PROCESSO É LENTO”!

    ESTAMOS COM UM CORPO DE TOURO NESTA OCUPAÇÃO E UMA CABEÇA COLETIVA EM CONSTRUÇÃO. Será um AVANÇO, depois de DENUNCIAR A UNIVERSIDADE QUE TEMOS e, DEVEMOS URGENTEMENTE INICIAR TRABALHOS PARA MOSTRAR À POPULAÇÃO (ENTENDENDO O PROCESSO) “QUE UNIVERSIDADE QUEREMOS”!

    Salvo alienação completa, não estamos em nenhum PROCESSO REVOLUCIONÁRIO. Temos de saber quando AVANÇAR E QUANDO RECUAR (vejam o exemplo da PRIMEIRA OCUPAÇÃO, ALESP E A PROPOSTA DE OCUPAR SEM PASSAR POR ASSEMBLÉIA).

    Vamos sair do CAMPO DO DESEJO E PARTINDO PARA O CAMPO DA REALIDADE!

  6. Correção:mais de 5.000 visitas diárias…..

    • Amnésia disse:

      JURASSAURO, VC VIU MEU ISQUEIRO? NÃO LEMBRO ONDE COLOQUEI. JÁ SEI, VOU PROCURAR NAS BARRACAS . FALANDO EM BARRACAS… QUERO FAZER UMA CRÍTICA AO MOVIMENTO: SOMOS IMUNDOS!!!!!!!!! NÃO TEMOS UMA COMISSÃO DE LIMPEZA!!!!!!!!! AS BARRACAS FEDEM M.E.R.D.A!!!!! EU DISSE FEDEEEMMMMMM!!!!!
      UM SALVE PRO PLANET HEMP.

  7. Jeferson disse:

    Eu acho que a revolta dos grevistas é porque não tem um Starbucks, America ou Burger King para eles almoçarem a R$ 2,50 e eles são obrigados a comerem a refeição servida no campus (Diga – se de passagem que há milhares de pessoas no Brasil que não tem acesso sequer ao tipo de alimentação que é oferecida na UNIFESP).

    • Amnésia disse:

      Burger King nada, morô. Eu quero é um restaurante que tenha ERVAS medicinais, saco?! BOB MARLEY FOREVEZ!!! FUI.

    • Aldiviva Licante disse:

      caro Jeferson, acho que você distorce um pouco os fatos. Não se trata de cardápio mas de higiene. Não me revolto pelo que é servido no bandejão, que já tem certa qualidade, mas pela falta de higiene que nela se constata. Isso é tão básico quanto um hospital que carece de médicos e equipamentos para atender os enfermos. É estarrecedor que a naturalização da precarização seja tão grande que seja algo totalmente execrável que as pessoas lutem por restaurantes, que ofereçam comida a preço relativamente barato, tenham higiene. Tenho a impressão de que é totalmente amoral, no ver destas pessoas, lutar contra a mercantilização da higiene. Lamentável.

      • Jeferson disse:

        É simples… Basta que alguns grevistas deixem de ficar convidando os cães a entrarem no bandejão por oferecer – lhes comida que a higiene começa. Ademais, o meu comentário também refere – se àqueles que questionam o preço e o tipo da refeição, que por sinal foi uma das pautas da greve ou estou distorcendo os fatos ?.

  8. Holter 24 disse:

    Que triste, os neo-pobres da Unifesp que reclamam do R.U. e comem ~de boa~ no cara do milho verde, na moça do churros, na senhora do hot-dog, no tio da pipoca próximo ao terminal…

    Ninguém exige assepsia nestes espaços. Ou, que bom que tivesse Starbucks, né? As Moniques hipsters adorariam…

  9. Amnésia disse:

    Tão apagando meus comentário… sô grevista,aí!!!

  10. Amnésia disse:

    ESTÃO ME DELETANDO… NÃO QUERO MAIS SER GREVISTA!

  11. alphanete disse:

    Diz a lenda que existe ratos lá.

  12. Chico disse:

    ….

  13. Chico disse:

    Reiterando: meu posicionamento e de alguns estudantes – que são acusados de anti-greve – não é contra a precariedade do campus: ausência de salas, biblioteca que comporte todos os livros, salas para grupos de estudos institucionalizados, etc, mas contra o modo truculento que o COMANDO DE GREVE agiu para conseguir determinadas coisas.

    Não estou falando da invasão de reitoria, diretoria acadêmia ou do bandeijão; estou falando das violências contra docentes, discentes e servidores do campus. Todas essas coisas poderiam ser feitas sem tal agressão ou violação moral. Vou bater nesse ponto sempre que eu puder.

    Além da ocupação do bandeijão, nos períodos normais TODOS deveriam boicotar o bandeijão. Um rombo financeiro na empresa que presta serviço seria uma ação muito eficaz. Mas ninguém optou por isso! Nesse sentido, o individual ficou sobreposto ao coletivo.

    Os pontos positivos tem que ser ressaltados: o vídeo ficou muito bacana, mostrou a estrutura do bandeijão – algo que poderíamos ter feito mesmo em aula. Como qualquer cozinha, mesmo privada, podemos visitar e ver a condição. Mas enfim, a ação foi correta.

    • Concordo com você, e outra coisa a escola onde trabalho a cozinha é bem melhor e ainda esta sendo reformada e o local onde que esta sendo usado “temporáriamente” tem pelo menos as condições minimas de higiene, e a comida é de graça para os alunos… e creio que esses bilhões desviados pelos políticos poderia fornecer comida de graça com esse dinheiro e com qualidade minima, porque na escola estadual dão suco de caixinha, arroz, feijão e carne moida rss… de vez em nunca mas dão, acho que falta muito para nós porque tem muitos levando o que é de todos, e a cantina da facul é outro rombo… tem até redecard… o bandeijão poderia ter rss..

  14. só quero estudar! disse:

    Alto do Tiête??????????
    ALTO DO TIÊTE???????
    A L T O DO T I Ê T E??

    AGORA COM ÉKIUUUU !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  15. Presidenta Dilma, Mercadante e Ministério da Saúde

    Depois destas gravíssimas denuncias, cade o MPF que pretende CRIMINALIZAR 48 ESTUDANTES?
    E a ANVISA – Agência Nacional de Saúde?
    A Escola Paulista de Medicina, embora tenha muitos currículos LATES, lembra a máxima de em casa de ferreiro o espeto e de pau.
    Leia a PAUTA DA VILA CLEMENTINA E IMAGINE O CAMPUS GUARULHOS, PRINCIPALMENTE O “BANDEJÃO ASSASSINO”!

    Em tempo, após a OCUPAÇÃO DO “BANDEJÃO ASSASSINO”, tivemos de fazer uma grande FAXINA, evitando de estocar alimento naquele local. A EMPRESA TERCEIRIZADA deverá responder SOLIDARIAMENTE pelo risco que expôs CENTENAS DE ESTUDANTES.

    E ainda temos de aguentar NOVO PROCESSO DA UNIFESP NA VARA FEDERAL DE GUARULHOS CONTRA O MOVIMENTO GREVISTA, verdadeira situação LÁGRIMAS E SURREAL.

    NÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s