Ampliar a luta dos estudantes da UNIFESP: Comando de Greve Intercampi para construir a GREVE GERAL

Nesta 5ª feira, dia 31 de maio, às 14h, foi realizada uma Assembleia Geral dos Estudantes Intercampi¸ para discutir ações unificadas, apontando a luta conjunta e perspectivas para romper com o isolamento.

Com a participação de praticamente todos os campi, a maioria evidenciou o problema estrutural sentido por todos, fruto do REUNI, e que as péssimas condições de estudo e trabalho na educação, e em especial nas federais, permitiu um levante geral dos professores, estudantes e trabalhadores das Universidades Federais pelo brasil afora.

Tendo contribuído para esse movimento nacional de greve, a ação das entidades dos funcionários e professores, FAUSBRA e ANDES-SN, respectivamente, o movimento na UNIFESP estava à frente dessa mobilização em certa medida. Os estudantes de Guarulhos, entraram em greve desde o dia 22 de março de 2012, por pautas muito próximas das reivindicações das diversas IFES, e os estudantes em luta na UNIFESP, realizaram um ATO unificado na Reitoria, dia 20 de abril, em uma 6af: ato esse que foi recepcionado pela Tropa de Choque e com um mandado judicial contra o movimento.

Assim, nessa Assembleia, os estudantes de toda UNIFESP, puderam realizar o debate com o fim de construir as ações do movimento, superando a fragmentação, no bojo do movimento nacional de greve e ocupações pelo Brasil afora.

Os estudantes deliberaram indicativo de Greve Geral, a ser ratificado nas Assembleias Gerais de cada campus, assim como deliberar seus quatro delegados para o Comando de Greve intercampi, e também por uma pauta mínima do movimento de greve dos estudantes da UNIFESP.

Em vista da marcha pela educação chamada pelo ANDES-SN, FASUBRA e ANEL, a Assembleia posicionou-se pela adesão ao ato e À plenária posterior, onde tem-se em vista criar um comando de greve nacional – ressaltando que em Brasília se decidirá o formato, e os nomes serão decididos, posteriormente, pelo próprio movimento, em cada Universidade.

Sobre a conjuntura da OCUPAÇÃO do campus Guarulhos, a Assembleia Geral aprovou por unanimidade carta de apoio à ocupação e repúdio à criminalização, assim como, devido à situação de ataque ao movimento estudantil em Guarulhos, deliberou-se que a próxima Assembleia Geral dos intercampi ocorrerá em Guarulhos.

É isso companheiros. A luta continua!
GREVE GERAL, EM TODA FEDERAL!

Esse post foi publicado em Acontece na UNIFESP e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s