Diário da Ocupação – Edição 8

Intransigência?

Choveram divergências na noite do dia 04 de junho antes e durante o Ato em defesa da EFLCH. O teatro foi fechado com piquetes pelos estudantes grevistas em ocupação do campus. Os docentes argumentavam que o ato foi pensado como um debate do movimento grevista em curso na maioria das universidades federais. A PRAE, por sua vez, colocava que um espaço universitário necessitava da discussão das ideias.

Alguns argumentos expostos, vamos para questão central: A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis criada em 2010 é parte da Reitoria que nos últimos acontecimentos tem intermediado conflitos e tentado conciliar com os estudantes. Os estudantes da ocupação não são contra o diálogo com os docentes, pelo contrário: no ato de ontem, reiteramos nossa posição de um diálogo conjunto com os professores sem a interferência da PRAE.

Da mesma maneira que os professores têm uma pauta de reivindicação e um comando de greve, nós estudantes também temos um comando de greve e uma pauta reivindicatória bem definida com a solicitação de vinda do reitor ao campus Guarulhos para negociar, solicitação esta realizada mais de uma vez antes mesmo das ocupações. Está claro que o Albertoni é o intransigente nesta universidade e tem um grupo que o apoia.

Algumas questões colocadas, convidamos todos os estudantes para participar das atividades da Ocupação, da Assembleia intercampi e que acompanhe as negociações com a Reitoria, caso ela aceite a nossa proposta de negociação com a data indicada. Novamente lançaremos mais uma solicitação.

Esse post foi publicado em Acontece no campus e marcado , . Guardar link permanente.

4 respostas para Diário da Ocupação – Edição 8

  1. Alpha disse:

    Escrever contra esse movimento inútil não deixa de ser um deleite pra mim, principalmente pela fragilidade argumentativa da qual fazem uso para justificar seus expedientes baderneiros. Uma coisa que fica bem nítida nos escritos desse grupo é a espontaneidade que há entre eles ao utilizarem-se da mentira e da malícia para saírem numa posição de vítima de qualquer tipo de enfrentamento fomentado por essa matilha. Às vezes penso que quando falam da Reitoria, estejam na verdade falando desles mesmos, pois não consigo enxergar toda essa alegada intransigência e arrogância em outra entidade que não os próprios da ocupação. E os fatos falam por si: piquetes arbitrários, invasão de diretoria acadêmica, vandalismo no campus e, principalmente, repressão a qualquer tipo de iniciativa que se paute num caminho que não seja o deles, prova disso fora o comportamento vexatório que essa gente tomou ao declarar-se, indiretamente, proprietária daquele prédio tal como um bandido faz quando quer demarcar área de influência. Não sendo suficiente, eles vêm novamente com um convite que se fundamentado na hipocrisia ao “convidar” os estudantes para participar das atividades de ocupação, talvez os “extremados” da matilha ainda não conseguiram (ou não querem) aceitar que a sensação despertada em seus colegas de campus é da mais legítima ojeriza.

  2. Adriel Gael disse:

    É lamentável como tem gente escrota neste mundo, é muito fácil se esconder atrás de um pseudônimo e criticar abertamente aqueles que lutam pela universidade que você irá estudar. Adriel Gael

    • Alpha disse:

      Sorry, mas a minha luta por universidade quem fez fui eu quando prestei o ENEM. O resto é falácia… não preciso de ninguém lutando por mim simplesmente porque disponho de capacidade para trabalhar e me manter, tal como todos do campus. Por isso não venha usar esses discursos de “luta” pra cima de mim…

    • 11aa22bb disse:

      “Lutar pela universidade”? Como? Colocando cadeiras na frente das portas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s