Nota sobre a reintegração de posse.

LUTA POLÍTICA AMEAÇADA DE REPRESSÃO PELA REITORIA E GOVERNO

Liminar de reintegração de posse é concedida para Unifesp.

Mais repressão ao movimento estudantil!

 Defender os companheiros e companheiras que lutam

pelo atendimento da pauta de reivindicação!

Reitoria, cadê a garantia da pauta? Por que não negocia?

Vamos permanecer na Ocupação até o atendimento das reivindicações!

Na noite de ontem, 05 de junho foi concedida decisão judicial de reintegração de posse da Diretoria Acadêmica para o dia 06 de junho com uso da força policial, Polícia Militar do Estado de São Paulo e Polícia Federal. No Processo, a Juíza cita que a Unifesp está atendendo algumas reivindicações, mas, a Reitoria não negociou estes pontos de pauta com os estudantes, pois o Reitor Albertoni não veio ao campus Guarulhos.

Pedimos o apoio de todos os estudantes, partidos, movimentos sociais e sindicatos com moções de apoio, moções contra a repressão ao movimento estudantil em defesa dos lutadores e lutadoras. Está clara e pode se efetivar a ação da Reitoria e do governo obedecendo à lógica de criminalização dos movimentos sociais em todo o país.

Desde o início o movimento grevista sofreu vários ataques da Diretoria Acadêmica e Reitoria com ameaças de sindicâncias, processos políticos, PM, Tropa de Choque etc. No dia 04 de junho, a maioria dos docentes da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas embarcaram no ato da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis realizando um Ato em defesa da EFLCH, ação da Reitoria contra a Ocupação, método de luta que faz parte da greve que tem  por objetivo uma pauta de reivindicação justa e não atendia há muitos anos.

As últimas informações na manhã de hoje é de que os oficiais de justiça estão a caminho com o mandado de reintegração de posse. A informação foi repassada pelo vice-diretor Glaydson, que esteve no campus acompanhado de dois policiais militares.

Chamamos todos os estudantes a comparecer ao campus para se contrapor a ação autoritária da Diretoria Acadêmica e da Reitoria. Abaixo a repressão! Pelo direito de livre manifestação política.

Esse post foi publicado em Informes e marcado , . Guardar link permanente.

9 respostas para Nota sobre a reintegração de posse.

  1. Galera não tem necessidade de violência, sou totalmente de acordo com as reivindicações dos alunos e professores, mas se a UNIFESP conseguiu essa reintegração de posse é burrice permanecer no campus e enfrentar a PF e PM.

    Antes realizar a desocupação e procurar meios alternativos, vamos fazer uma mobilização nacional da juventude universitária, vamos as ruas, abandonar o comodismo e fazer reerguer a força jovem no país. Agora permanecer no campus e tentar resistir não é a melhor alternativa…

  2. spirituarise disse:

    Napalm em todos!
    Pobres Esquerdistas, na primeira pressão hierárquica e já se acovardam dessa maneira.

  3. alphanete disse:

    Jaz aqui um movimento estudantil.

    Sentirei saudades.

  4. Acovardar? Meu caro (a) existe uma diferença muito grande entre covardia e sensatez. Imagino que deve ser fácil incentivar a manifestação e ficar apenas no conforto do lar vendo as movimentações; como muitos estão fazendo. De qualquer forma respeito a sua opinião no entanto continuo firme com a minha. (y)

    • spirituarise disse:

      Interessante, parece-me que você apesar defender os criminosos, ainda assim, mantém sua ética e honestidade, meus cumprimentos, e também respeito fortemente sua opinião, embora não concorde, quanto ao meu comentário, perdão, porém não foi para você, foi pelo pedido de socorro e assistência deles na matéria acima. Isso é covardia. Tenha um boa dia.

  5. O movimento estudantil não vai acabar apenas porque está sofrendo repressão.
    Pelo contrário ele deve se firmar ainda mais nos nossos ideais.

  6. desanimada disse:

    A reitoria quis conversar com os grevistas, disse se saissem no dia 31.05 teria uma audiencia publica com o Albertoni e ai???? quem planta colhe… vcs ferraram com todos, posso até estar errada, mas não vi o movimento grevista indo atras de dialogo com a UNIFESP. Eu não fui segunda, mas li (acredito mais nos comentarios dos colegas) que vcs colocaram piquetes na frente do teatro. Poxa!!!! já sairam da razão né… Até no processo de reintegração da semana assada, foi pedido a UNIFESP responder em juizo as melhorias, poxa esta era a hora de começar o dialogo, mas nao pensam…
    espero que não vá nenhum grevista preso, pq ai qdo uma situação ta ruim sempre tende a piorar

  7. 11aa22bb disse:

    Na base do Ctrl+C Ctrl+V

    O único autoritarismo que existe nisso tudo é o AUTORITARISMO INSTITUCIONAL das universidades públicas sobre as universidades privadas. Porque todos nós sabemos que se os mestrados e doutorados fossem mais disseminados nas universidades privadas, com auxílio de financiamento público pra bancar, as públicas estariam ainda mais às moscas.

    Chega disso. Vamos lutar para que não haja esse MONOPÓLIO DO ENSINO PÚBLICO SOBRE A PÓS-GRADUAÇÃO, esse monopólio movido a APADRINHAMENTO, que nos obriga a ter de estudar nessas merdas de universidades públicas, caindo aos pedaços de estrutura E DE ALUNOS, pra poder ter uma chance de cursar um mestrado ou doutorado.

    Chega de universidades esquerdistas, ninho de ratos da MNN, do PCO, do PCB e toda sorte de partidos políticos PURAMENTE TEORICISTAS E NADA FUNCIONAIS!

    Chega de universidades SUSTENTADAS PELO SUOR DOS ANALFABETOS, porque muitos sequer vislumbram a possibilidade de cursar um ensino superior público e mesmo assim precisam contribuir com ela em seus impostos.

    10% do PIB para a educação é mais essa marca de exploração que certos setores querem sobre o povão e ninguém fala. QUEREM A DERRAMA DA PRODUÇÃO DO POBRE SOBRE O ENSINO SUPERIOR. O ensino público deve ser fundamental. O ensino superior já não forma mais o cidadão. É um AUTO-INVESTIMENTO da pessoa na própria formação. O povo não deve mais pagar para que alguns tenham o seu currículo lustroso enquanto falta água para tomar banho em cerca de 40% do território nacional.

    Chega dessa pensamento medieval, sim, escolástico, mas escolástico no sentido de que deve existir UMA CASTA SUPERIOR, UMA ELITE INTELECTUAL, E QUE TODOS DEVEM PAGAR POR ISSO.

    Chega! Cada um que banque a sua própria formação superior! Chega de exigir imposto do lavrador para pagar a universidade do metropolita! Chega disso de ser necessário recorrer à universidade pública para ter um mestrado decente!

    Chega de ocupação-reintegração-ocupação. É menos polícia nas ruas defendendo a população!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s