Moção de Apoio ao Movimento Estudantil da Unifesp Guarulhos – Texto dos docentes da Universidade Federal de Juiz de Fora

Nós, professoras e professores da Universidade Federal de Juiz de Fora, vimos a público manifestar nosso apoio ao movimento estudantil da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Campus de Guarulhos, em sua luta legítima por melhores condições de ensino. As reivindicações de alunas e alunos são justas e necessárias, das quais compartilhamos, em especial nesse momento de greve de docentes das universidades federais por melhorias urgentes na Educação Superior do país.

Também repudiamos a ação truculenta da polícia militar, que no dia 14/06/2012 reprimiu violentamente estudantes em manifestação, prendeu e indiciou alunas e alunos. Essa atitude da polícia em conjunto com a administração da Unifesp desconsidera reivindicações legítimas e corresponde a criminalização do movimento social.

Apresentamos nosso apoio e solidariedade a alunos e alunas da Unifesp em sua mobilização por condições dignas de ensino, pesquisa e extensão. Essa é uma luta de todo o Movimento Estudantil, do Movimento Docente e da Sociedade como um todo. Por fim, exigimos da reitoria da Unifesp, do governo federal, do governo do estado de SP, a imediata retirada das acusações contra os estudantes.

Esse post foi publicado em Cartas e marcado . Guardar link permanente.

28 respostas para Moção de Apoio ao Movimento Estudantil da Unifesp Guarulhos – Texto dos docentes da Universidade Federal de Juiz de Fora

  1. Alpha disse:

    Gente… quando chegar a 50 moções, juntem-nas e troquem por vidraças kkk

    • Marcos disse:

      Época de eleição e de fóruns em países subdesenvolvidos. Se eles venderem no mercado negro, conseguem bem mais do que 50 vidraças (1:1 é coisa de comunista).

      • Alpha disse:

        Sabe o que é mais curioso? Estou procurando essa publicação no site da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Juiz de Fora http://www.apesjf.org.br bem como no site da própria universidade http://www.ufjf.br , mas não encontrei qualquer documento acerca dessa Moção de Apoio… seria bom se a administração do Blog publicasse juntamente o link original. É possível que eu não tenha procurado direito, daí peço auxílio aos demais colegas…

    • Mineirim disse:

      Os professores da federal de minas disseram que não enviaram nada. Começaram a apelar para carta falsa, manos?

    • Lendo Letra disse:

      Estou muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito triste porque descobri que os professores mineiros estão escrevendo como os professores das particulares de Guarulhos. Eles lêem a mesma biblia? É por que os jargões próprios de estudantes pseudo-comunistas aparece nas supostas moções.

      • Júlia Rosa disse:

        “Monção boa dimais memo, e a do paum di queju”

        Pao de queijo D
        O mineirinho entra num boteco, e vê anunciado acima do balcão:
        Pinga:……………….R$ 1,00
        Pão de queijo:………..R$ 2,00
        Sanduíche de Galinha: .. R$ 3,00
        Punheta:……………..R$10,00
        Checando a carteira para não passar vergonha, ele vai até o balcão e chama
        uma das três garotas, que estão servindo bebidas nas mesas:
        – Por favor.
        – Sim?- pergunta ela com um sorriso lindo:
        – Em que posso ajudar?
        – É você que toca as “punheta”?
        – Sou – responde ela com uma voz bem sensual.
        – Então, você lava bem as mãos que eu quero um Pão de queijo!

  2. Jeferson disse:

    A UNIFESP Guarulhos virou um pardieiro total. Todo mundo se intrometendo sem conhecer a situação do lugar ou pertencer à ele. Todo dia é uma moção que sempre tem o mesmo conteúdo, só muda o nome da universidade ou do grupo.

    • Júlia Rosa disse:

      É todo mundo dando pitaco, porque nenhum desses professores levou um “enquadro do movimento” muito mais vil e desrespeitoso que qualquer PM!

      Aliás, PM´S são verdadeiros cavalheiros perto desses imundos (as)!

    • Realmente tem muita gente se intrometendo. Por exemplo, a polícia. Se é para criticar os intrusos, sejamos coerentes: comecemos pela polícia.

      • Jeferson disse:

        Não é melhor começar pelo movimento grevista que causou tudo isso e tornou a situação tal qual ela está ?.

        • Caro Jeferson, não seja simplista: o movimento grevista apontava, de início, uma mobilização progressista. Devido a radicalidade de alguns de seus membros e a indiferença de outros alunos, o radicalismo tomou força assustadora. Sinceramente, não o considero intruso à universidade, uma vez que é feito de alunos, que nem sempre tem atitudes próprias de ambiente universitário. Intrusa é a polícia, que mediou a situação via truculência e violência. Sinceramente, acho que esta violência é a pior por que conta com a anuidade da diretoria acadêmica e da reitoria. Quanto à violência que se registra entre alunos, nós podemos resolvê-la facilmente: basta que os alunos compareçam ao campus para que possamos deliberar.

  3. AOS DOCENTES DE JUIZ DE FORA

    Neste momento a exemplo da USP, UNILA e demais universidades agredidas pela truculência e intransigência de suas direções e o estado repressor, oportuna esta MOÇÃO DE APOIO DOS DOCENTES,

    Por diversas vezes estamos enviando ao ANDES que para além da nossa pauta material, praticamente consensada entres as categorias da UNIFESP CAMPUS GUARULHOS, temos 2 (dois) eixos centrais que não se calam: 1. CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DO MOVIMENTO ESTUDANTIL e, 2. DEMOCRATIZAÇÃO DA ESTRUTURA DE PODER DA UNIFESP.

    A CARTA ASSINADA POR ALGUNS DOCENTES E ENVIADA À FOLHA DE SÃO PAULO, parte da CONCREGAÇÃO DA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS, expressam aquilo que o MOVIMENTO ESTUDANTIL vem denunciando há tempo: A MAIORIA DOS DOCENTES QUE COMPÕE A CONGREGAÇÃO SÃO RESPONSÁVEIS DIRETA OU INDIRETAMENTE PELA VIOLÊNCIA PRATICADA PELA DIRETORIA ACADÊMICA.

    Esta mesma DIRETORIA ACADÊMICA, tendo à frente o Professor Doutor em Pedagogia Marcos Cesar, conhecido pela forma que trata os estudantes com oportunismo, vide o caso em que ENVIOU CARTA AOS DEPARTAMENTOS INTERNOS, mentindo sobre fato ocorrido em sua sala em 2011, oportunidade em que divulgou ser destratado entre outros argumentos que não condiziam com a verdade, citando nomes de alguns estudantes presentes, fato desmentido por um vídeo produzido por um dos estudantes presente na referida reunião.

    Se não fosse o vídeo, A EXEMPLO DO OCORRIDO NO ÚLTIMO DIA 14 DE JUNHO DE 2012, quando da prisão dos 26 ESTUDANTES, além das agressões aos demais que conseguiram fugir da violência (cacetete, tiros e bomba de efeito moral) do Campus Guarulhos, certamente acelaria o processo de expulsão dos estudante da UNIFESP, envolvida nas lutas por uma universidade pública, universal, gratuita e de boa qualidade.

    Até quando vamos tolerar que alguns DOCENTES ESCOLÁSTICOS continuem a ditar regras na universidade, impondo uma proposta ideológica absurda e retrograda?

    Além de qualquer questão CORPORATIVA, temos de debater políticamente qual o papel do PROFESSOR NA UNIVERSIDADE, principalmente transformando a relação SUJEITO-OBJETO EM SUJEITO-SUJEITO, caso contrário, acabaremos repetindo esta mesma forma de absorver e reproduzir o PRATICISMO-UTILITÁRIO imposto por meia dúzia de docentes, inclusive que REPRIMEM DE FORMA BUROCRÁTICA OUTROS DOCENTES CONTRÁRIOS À SUA VISÃO ARBITRÁRIA, utilizando-se ainda de todos os recursos ao alcance para manter esta DOMINAÇÃO SOBRE OS DEMAIS DOCENTES.

    Que a GREVE UNIFESP 2012 vá além das PAUTAS MATERIAIS, SALARIAIS E DE CONDIÇÕES DE TRABALHO que reconhecemos serem necessárias tanto aos DOCENTES, DISCENTES E TÉCNICOS, mas insuficiente para efetivamente transformar as universidades.

    • Alpha disse:

      “acabaremos repetindo esta mesma forma de absorver e reproduzir o PRATICISMO-UTILITÁRIO imposto por meia dúzia de docentes, inclusive que REPRIMEM DE FORMA BUROCRÁTICA OUTROS DOCENTES CONTRÁRIOS À SUA VISÃO ARBITRÁRIA..”

      Cite nomes, seu falastrão!

      • isaias disse:

        fala o seu pra começar…
        Porque tem tanta coragem pra escrever besteira e não assume sua identidade?

        • Michele disse:

          Novamente: o q adianta saber o nome dele(a)? O q isso muda?
          Grande coisa vc deixar seu nome aí. Passe seu CPF, endereço, nome dos pais… só então o q vc diz valerá alguma coisa.

    • Jeferson disse:

      E por falar em repetir textos…

    • Júlia Rosa disse:

      Junta todas essas “moções” de apoio e vê se dá pra livrar a cara da sua gangue do process civil e criminal???

  4. Júlia Rosa disse:

    Vai ter punição sim!!! não vai ser retirado nada! não depende de greve, o ministério público vai julgar, tem que julgar; podem ficar o resto da vida em movimento M.E.R.D.A! crime é crime!

    O processo de certo ficará em stand by até o término das eleições 2012, mas depois disso aguardem!!!

    Não se muda constituição federal, código civil e penal com greve de energúmenos!

    O déficit cognitivo dessa gente é tão alto assim!!?!?

  5. Saúlo disse:

    Pelo menos uma coisa eles do CUmando de greve são bons. Tem que ter muita criatividade para inventar carta de apoio de diferentes universidades como se eles soubesse realmente o que acontece no Campus Guarulhos, ou soubesse pelo menos onde fica Guarulhos.

    • Júlia Rosa disse:

      Já disse para colocarem as tais moções na íntegra, mas que nada!

      Coloquem nome, endereço e assinatura desses professores, caso contrário, isso não passa de mentira! Provem que tá chovendo moção do céu…….daqui a pouco vão inventar que o Obama mandou uma moção em solidariedade ao M.E.R.D.A!

  6. Depredar e destruir: eis a práxis dessa filosofia... disse:

    Essa carta representa o pensamento de todos os professores da Universidade Federal de Juiz de Fora? Será? Por que não assinam essas baboseiras?

    • Alpha disse:

      Sabe o que é mais curioso? Estou procurando essa publicação no site da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Juiz de Fora http://www.apesjf.org.br bem como no site da própria universidade http://www.ufjf.br , mas não encontrei qualquer documento acerca dessa Moção de Apoio… seria bom se a administração do Blog publicasse juntamente o link original. É possível que eu não tenha procurado direito, daí peço auxílio aos demais colegas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s