MOÇÃO DE REPÚDIO – Sinpro Guarulhos

Guarulhos, 18 de junho de 2012.

MOÇÃO DE REPÚDIO

Nós, do Sindicato dos Professores e Professoras de Guarulhos, manifestamos nosso repúdio em relação a repressão patrocinada pela Diretoria Acadêmica da Unifesp Guarulhos em parceria com a Polícia Militar do Estado de São Paulo, que de forma violenta e arbitrária reprimiu manifestantes que realizavam um ato pacifico no campus da Universidade.

A atuação violenta da PM expressa uma tendência corrente e reacionária de criminalização dos movimentos sociais. O movimento estudantil da Unifesp Guarulhos, reivindica desde o início do ano letivo condições dignas de educação. Há noventa dias em greve e realizando sistemáticas manifestações a Diretoria Acadêmica da Universidade, por seu turno, tem respondido à pauta dos alunos com truculência, convocando a PM para reprimir suas lutas por uma educação de qualidade e para, ao mesmo tempo, materializer a conduta autotitária com que o director acadêmico tem conduzido as demandas dos alunos.

Gravíssima é também a prática tradicional da PM, durante ações sabidamente arbitrárias, de retirar as identificações para não serem reconhecidos, tornando esse embate ainda mais desigual.

A Luta dos alunos da Unifesp Guarulhos, representa, portanto, uma reivindicação legítima e, por isso, torna imperativa uma posição dos demais movimentos sociais e entidades de classe.

Somamos-nos aos estudantes em greve e entendemos que o direito à educação pública de qualidade é uma reivindicação histórica da classe trabalhadora e, por isso, não pode ser tratado como caso de poícia.

Sinpro Guarulhos
http://www.sinproguarulhos.org.br
Esse post foi publicado em Cartas e marcado . Guardar link permanente.

15 respostas para MOÇÃO DE REPÚDIO – Sinpro Guarulhos

  1. Jeferson disse:

    Mais um se intrometendo com sua ‘moção de apoio’…

    • Se vamos criticar a “intromissão”, devemos rechaçar ação policial, pois ela não faz parte do ambiente universitário.

      • Jeferson disse:

        E a ação de vandalismo dos grevistas em depredar o campus faz parte do ambiente universitário ?.

        • Meu caro, reconhecer que houve vandalismo não implica em aceitar a PM. Abandone este binarismo idiota.

          • accept disse:

            Vcs não aceitam a PM porque lidam com bandidos! E muitos dos seus se comportam como…

            … BANDIDOS! QUADRILHA!

          • Falo por mim: não aceito a policia no campus para ” mediar” a situação por que creio que este órgão é incompatível com a estrutura universitária. Isso não significa que aceite vandalismo.

          • Marcos disse:

            10

          • Jeferson disse:

            A solicitação da polícia foi de acordo com a necessidade que fora imposta no campus. Agora se você aceita a pm ou não, é sua opinião.

          • Observe que eu não aceito a polícia como “mediadora” da situação, algo que realmente aconteceu: os alunos pediam que o MC saísse para pudessem conversar, um dois ou três exaltados se portaram como vandalos. A resposta do MC foi chamar a polícia, que prendeu aleatoriamente, vale dizer. Os alunos que fugiram da PM, já que esta se utilizava balas de borracha, bombas de efeito moral, e foram em direção ao restaurante universitário foram presos. Alunos que não participaram da manifestação foram presos. O crime? estar no campus quando a polícia chegou. Que os vândalos sejam punidos, mas é inaceitável que a polícia seja “mediadora” da situação.

  2. Saúlo disse:

    Sindicato dos Professores e Professoras de Guarulhos? Sei conta outra.
    Escreveram “director academic”.
    Sem duvida foi mais uma criação idiota do cumando de greve

  3. Eu repudio isso, repudio aquilo... disse:

    Esse pessoal do “comando” de greve repudia tanta coisa, né?
    Daqui a pouco estarão repudiando a própria vida.

    Ah, tomem vergonha nas suas caras!!!

  4. Depredar e destruir: eis a práxis dessa filosofia... disse:

    A educação de Guarulhos deve estar perfeita né? Esse pessoal tá com tempo pra se preocupar com o nariz alheio…

    • MOÇÕES aos MERDÕES disse:

      Pode ter Moção de apoio do Papa, da Madre Teresa de Calcutá, do E.T. Bilu, do Inri Cristo, do Elvis, dos Beatles etc, que não anulará em nada as Merdas que vocês fizeram(e continuam fazendo, por incrível que pareça).

  5. True disse:

    É, foram tão truculentos que o pessoal recebeu comida do habibb’s do pai de um dos “alunos” presos hehehehehehehe.
    Habibb’s patrocinando a revolução da UNIFESP.

  6. Pode ter Moção de apoio do Papa, da Madre Teresa de Calcutá, do E.T. Bilu, do Inri Cristo, do Elvis, dos Beatles etc, que não anulará em nada as Merdas que vocês fizeram(e continuam fazendo, por incrível que pareça)…(2)

    Não concordo com a PM (não sou besta de confiar integralmente nela), mas com essa eu sou obrigado a rir, pois bem sei que é verdade… Estamos cheios de intrujões (passando por paritidos políticos e finalizando com a PM) que não nos ajudaram em absolutamente nada…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s