ATO DA MINORIA: Contra a repressão e a PM nas Universidades

Vamos unir nossas forças, e lutar JUNTOS contra toda repressão que os movimentos estudantis da UNIFESP, USP, UNILA, UNIR e outras estão sofrendo.

“O governo não quer uma população capaz de fazer pensamentos críticos. Ele quer trabalhadores obedientes. Pessoas inteligentes o suficiente pra controlar as máquinas, e burras o bastantes pra aceitarem, pacificamente, a própria situação. ” George Carlin

FORA MARCOS CEZAR

FORA PM DAS UNIVERSIDADES E DO MUNDO!

Esse post foi publicado em Acontece fora do campus e marcado , . Guardar link permanente.

15 respostas para ATO DA MINORIA: Contra a repressão e a PM nas Universidades

  1. GREVISTAS BABACAS disse:

    SEUS BABACAS!

    • Tamires disse:

      SEU LINDO!

      • Fora quem? disse:

        Que a PM seja extinta! O que vocês farão? Óbvio que criarão um novo “inimigo”. Necessitam disso porque são coitadistas.
        Seguindo a mesma onda… que a Burocracia desapareça; que o Capital perca o seu valor; que as propriedades privadas e os latifúndios sejam “entregues” ao Povo; e que os “reaças”… não mais REAJAM!

        Após viverem alguns anos sob esse novo regime de”liberdades” e “justiça Social”, haverá a desilusão em massa. O Povo olhará para trás, e verá que cometera um grande erro. Mas será tarde demais: a nova burocracia e repressão serão muito maiores que as anteriores(qualquer semelhança com Coreia do Norte, Cuba e China serão meras coincidências). Os privilegiados não quererão ser desprivilegiados. E então, o Povo verá quem são seus verdadeiros inimigos. Seus verdadeiros algozes estavam bem debaixo de seus narizes: em cada palavra de ordem, em cada gesto e cumprimento de “camarada” e, em todo discurso inflamado e populista.

        Quando este dia chegar, as Massas desconfiarão até mesmo de suas próprias sombras, pois elas terão um aspecto muito suspeito.

  2. Juraci Baena Garcia – Filosofia disse:
    25 de junho de 2012 às 4:24 pm

    Aos que se posicionam, sem tapar o sol com uma peneira!

    Brilhante! Altamente incentivador ler textos bem elaborados e que espelham a realidade e não um falso universos de pessoas, na sua maioria covardes anônimos (estudantes? docentes? buocratas?).

    Quanto ao processo desencadeado desde 2007, entendendo que 2012 é apenas uma consequencia e, não existem heróis ou heroínas, ou porque está entre os estudantes “que tentam criminalizar a qualquer custo”, como em 2008 (48) e 2012 (46 + 26). Qualquer estudante que sofreu de perto a repressão da Unifesp e PM e pensa ser herói ou heroina (caso exista) de algo, não passa de um alienado a exemplo dos alphacetes da vida.

    Tratar a precarização da Unifesp é redundância, todos estão cansado de saber ou vivenciar, agora tem um assunto que o ANDES ou ADUNIFESP se calam: a minoria de DOCENTES ESCOLÁSTICOS, DENOMINADOS DE FALCÕES ENTRE OS PRÓPRIOS DOCENTES DA UNIFESP GUARULHOS, verdadeiros algozes e “blindadores” das estrepulias do Diretor Marcos Cézar, este sim, deveria responder por cada centavo que empregou na Unifesp, inclusive nos tais “TAPUMES”, como também no tal “BANDEIJÃO”, verdadeiro palco de horrores, basta assistir os vídeos ou se atentar às fotos daquele local.

    Os DOCENTES que se revelaram PUBLICAMENTE em carta à Folha de São Paulo (mais uma “trapalhada”) também se igualam a este “silêncio irresposável” quanto aos desmandos da direção deste Campus. Isto sim deverá ser objeto de investigações e, não as insistentes acusações desta burocracia contra os estudantes que se colocam na frente das lutas, desde 2007.

    Este pessoal é tão raivoso que, de uma luta política em prol de todos, levaram todas as suas contradições com a proposta de transformação para o campo pessoal e, em vez de lutarem contra este estado de coisas, simplesmente revelaram seu lado ‘FUNDAMENTALISTA, IDEALISTA, PRÁTICO-UTILITÁRIO” contra os ESTUDANTES que se recusam terminantemente a serem SIMPLES OBJETOS em sala de aulas, sonho de cada um deles.

    A luta continua e, cada ESTUDANTE – seja de 2007, 2008, 2009, 2010 ou 2012 que estiveram à frente das lutas, REGISTRADOS OU NÃO DA POLÍCIA FEDERAL, devem fazer uma profunda reflexão e se juntar na luta pela transformação no “gueto campus guarulhos” em uma UNIVERSIDADE PÚBLICA, GRATUÍTA, UNIVERSAL E DE BOA QUALIDADE. O resto é papo furado de pessoas mal intencionadas e oportunistas.

    Juraci Baena Garcia
    Graduando em Filosofia
    Integrante do COLETIVO FILOSOFIA DA PRÁXIS

    • Alpha disse:

      Perdão senhor… mas bem que vossa senhoria estudanil poderia listar quem faz parte desse Coletivo Filosofia da Práxi, mas só os que existem de verdade, tá? Já que o Stitch é desenho…

    • Copyrights disse:

      Jurazica, seus textos têm Direitos Autorais?
      Pergunto isso porque quero usá-los em meu Trabalho de Conclusão de Curso. O tema é o seguinte: Textos de Mega-idosos Megalomaníacos – A Vontade de Poder após a 3° Idade.

  3. faztodoosentido disse:

    >Ato da Minoria
    >Luta pela Democracia
    >????
    >PROFIT

  4. ESPREMA A DIREITA disse:

    Diferente do Bloco Organizado Só de Tipos Analphas. Esses, apesar de virtuais, têm mais de um. kkkkkk

  5. ... disse:

    A PM tem mais é q baixar o cacete nesses drogados mesmo

  6. CAPITÃO NASCIMENTO disse:

    Fora PM DO MUNDO não dá,é muito engraçado os delirios utópicos de vocês, que de nada condizem com a realidade do mundo.
    Será que nesse foguete-nave-disco voador-máquina do tempo (sei lá) que vocês pretendem colocar a PM e expulsar do mundo, sobra um espaço pra gente enfiar vocês?
    Fora arruaceiros, mentirososdo mundo!!!! (mas se forem embora da UNIFESP já é um bom começo).
    Senhor mocinho da melhor idade da PRÁXIS, seu texto é tão confuso quanto suas ideias. Me dá sono, é de uma total incoerência de informações, começa falando de chuchu e termina com abobrinha- literalmente-.
    Gostei da sua expressão estudante REGISTRADOS OU NÃO DA POLÍCIA FEDERAL, ainda bem que existem aqueles não tiveram passagem pela policia, isso quer dizer que estão fazendo o que é devido, ou seja estudar. Porque aos que fazem bagunça e arruaça denominamos arruaceiros, e aos que estudam denominamos estudantes.
    Fala de uma luta política em prol de todos, NÃO EU NÃO PEDI PRA VOCÊS destruirem o campus, eu não pedi pra voces agredirem os professores, não pedi pra vocês agredirem os alunos contrários as suas ideias….
    NÃO!!!!!!

  7. Grevista burros falando de burrice disse:

    “…, e burras o bastantes pra aceitarem…” Le Ironia ia gostar dessa. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Pingback: 28.06 – Todxs ao ato contra a PM nas Universidades – pelo fim da repressão ao movimento estudantil | Rizoma – tendência libertária autônoma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s