Latuff, Unifesp

Esse post foi publicado em mobilização e arte. Bookmark o link permanente.

34 respostas para Latuff, Unifesp

  1. Fala a verdade, Latuff! disse:

    Pelo jeito, esse tal de Lattuff é um mentiroso safado! Não fomos algemados!
    Torturados sim, algemados não!

    • Que desilusão o Itaquera virou um CAMBURÃO!
      GUARULHOS, desocupação, 06/06/2012.

      • Da Reitoria disse:

        NOTA OFICIAL DA REITORIA (18 de junho)
        Os fatos ocorridos em 14/06/2012, no Campus Guarulhos da Universidade Federal de São Paulo, objeto de processo que tramita na Justiça Federal, bem como as denuncias de atos de violência física e verbal, ameaças e constrangimentos a membros da comunidade acadêmica serão devidamente apurados por Comissão Disciplinar designada por Portaria expedida nesta data.

        A Reitoria reafirma seu respeito aos atos pacíficos de exercício da liberdade de expressão e manifestação do pensamento, repudiando, contudo, quaisquer práticas de desrespeito e violência no âmbito da universidade, bem como de danos ao patrimônio público.

        São Paulo, 18 de junho de 2012.

        Prof. Dr. Walter Manna Albertoni
        Reitor

        • ESCLARECIMENTOS NECESSÁRIOS

          A burocracia unifespiana informa a imprensa que os estudantes provocaram a PM, atirando pedras na via pública. Depois de revelada a FARSA, conforme vídeo (imaginem se não tivesse este vídeo) e ainda divulgação da PM de que foram ACIONADOS PELA DIRETORIA ACADÊMICA DA UNIVERSIDADE, alegam que HAVIA CÁRCERE PRIVADO, VIDROS E MAIS VIDROS QUEBRADOS, ALÉM DE COMPUTADORES, tentando ainda desesperadamente justificar a PM no Campus, basta ver os vídeos e comparar com o depoimento do diretor acadêmico em ata da PF para entender toda esta farsa.

          A exemplo de 2011, quando o diretor acadêmico mente ao enviar carta aos departamentos, acusando estudantes (também desmentido por vídeo); ainda em 2012 mais duas tentativas de CRIMINALIZAR O MOVIMENTO ESTUDANTIL: primeiro no episódio dos TAPUMES PODRES (desmistificado pelos fatos seguintes) e, depois, do BANDEIJÃO ASSASSINO (quando acusou estudantes de fazer “buracos de ratos”, inclível, este caso também é alarmante, uma vez que fomos informados da existência de um relatório instituicional que apontava o problema na estrutura do bandeijão, isto uns 2 meses antes das denuncias.

          Cumpre antecipar estes fatos públicos para acabar com a falácia de dizer que eventuais punições são de ordem administrativa ou similar, e não por uma questão política, decorrente da GREVE GERAL DA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS.

          Vamos aguardar as próximas TENTATIVAS DE CRIMINALIZAÇÃO QUE ESTÃO SENDO ARTICULADAS NOS PORÕES DA UNIFESP PIMENTAS GUARULHOS, COM APOIO EXTERNO, afinal, nem Governo, nem Reitor, parte do Consu, Diretoria e parte da Congregação, vão deixar BARATO a exposição pública a que foram lançados!

          Ou lutamos também por democracia na Unifesp ou continuaremos reféns de uma estrutura arcaica e que não permite uma UNIVERSIDADE PÚBLICA, GRATUITA, UNIVERSAL E DE BOA QUALIDADE!

          • Questions disse:

            Já que você se diz um defensor da Democracia e da Transparência, por favor, nos diga: aceitaria oferecer a quebra de seus sigilos bancário/fiscal e telefônico? Tem coragem? E conte-nos também, de onde vem a verba gorda do movimento estudantil? Como pagam os advogados, e outras coisas mais?

    • Latuff não convenceu disse:

      Essas tunicas e sandalinhas é pra romantizar os herois da UNIFESP?
      Alguém avisa para esse tal de Lattuff que os REVOLUCIONARIOS BURGUESES DA UNIFESP, só veste Adidas, GAP, Nike.E que essas tunicas e sandalinhas esta fora de contexto.
      Tentaram vender uma imagem de pobres e inocentes, maaaassssssssss sinto muito não convenceu!

      • Anônimo,

        Errou novamente: o Campus Unifesp Guarulhos é o mais pobre de toda a Unifesp. Cimpre o papel de forma mão de obra barata para dar aulas nas escolas públicas e privadas, rebaixando o nível, decorrente da precarização. Portanto, acerta Latuff nesta caracterização. Faltaram apenas as ávores (certamente o Latuff não sabia desta história), conforme sugerido pela reitoria oriunda da EPM – Escola Paulista de Medicina, que também, vejam só, sofre com a precarização daquele Campus.

        Em tempo: esquecemos do Basílio (valente cachorrinho que enfrentou a Tropa de Choque) e candidatíssimo a varios cargos eletivos.

        • Questions disse:

          Deixe o animal de lado, seu safado! Fale dos benefícios que já recebera com o caos que ajudou promover, babaca.

        • Jurazica e Latuff não convencem disse:

          Acho que seria mais poético se retrassem vocês sendo crucificados, que tal essa sugestão hein martires REVOLUCIONÁRIOS BURGUESES DA UNIFESP?
          Podem falar,podem gritar, podem chorar, podem citar Marx ou qualquer outro,podem esperniar, esqueçam ninguem acredita mais em voces.
          A credibilidade de voces acabou!!!! Em vez de ficarem com seus discursinhos enfadonho de moleques mimados e manipulados aconselho a criar uma estratégia politica para tentarem recuperar a credibilidade perdida.
          Só na sua cabeça doentia(cuidado mau- caratismo não tem cura) que esse retrato condiz com a realidade.
          E aí Juraci conte pra nós todos quais são seus planos politicos para o futuro, quanto vai lucrar com essa palhaçada, e seu padrinho politico já reservou seu cargo quando conquistar a vitória nas eleições.

          Isso Juraci mostre a essa juventude como se constrói um pais soberano, com muitos conchavos, mentiras, corrupções, jogos politicos, é os estudantes da UNIFESP-Guarulhos vivendo um momento histórico. Aprendendo na real como funcina o famoso JEITINHO BRASILEIRO.

    • Ana C. disse:

      Fomos algemados sim. 6, dos 26, foram à Lapa de algemas.

    • Ana Morales disse:

      Como assim não fomos? 6 dos 26 estudantes estavam sim algemados até a chegada à Lapa… como a ilustração é uma só, contemplou esses dois momentos.

      • Marcos disse:

        “6” foram algemados porque ofereciam maior risco a si mesmos e à sociedade. Tendo em vista que estavam muito exaltados(as). Naquele momento, eu fui favorável ao uso de camisas de força, mas, como meus colegas policiais são humanistas, decidiram pelas algemas. Nota 10 pela ação correta dos defensores da comunidade e do Estado Democrático de Direito.

        O Bonde dos Desocupados e/ou Fichados está pronto para uso; quando quiserem usá-lo novamente é só avisar. Porque, pelo visto, vocês curtiram o passeio. Ahahahahahahahahahhaahhahahaahahahahahahahah

        • Ana Morales disse:

          Tão correta a sua análise que o delegado comeu o toco dos PMs quando chegamos à delegacia e ordenou, imediatamente, a retirada das algemas…

  2. bruno pirenco disse:

    vida longa aos companheiros que direcionam suas artes, fazendo delas um instrumento revolucionário contra o capital.

    ”não fomos algemados!”, oras… vc sim é um mentiroso (a) em ”ocultar” os fatos. algemas foram utilizadas pela polícia militar. Nós, estudantes, – e não vc – saímos algemados do campus, e, sob ameaça, por parte do comandante da PM, de tomarmos tiro no peito, caso reclamassemos.

    enfim… VALEU, LATUFF

  3. Ah, vá!!! disse:

    Que palhaçada – que circo. Primeiro, uma Merda de um desenho saudosista; depois, comentários ridículos, relembrando a escalada de “sofrimento” dos mártires. Vão à Merda, seus merdas!!!

    • PCO29 - Partido da Causa Operária disse:

      Manifesto do Partido da Causa Operária aos
      trabalhadores e à juventude

      O Partido da Causa Operária – PCO – nasce para organizar os trabalhadores da cidade e do campo. O PCO chama todos os explorados a ingressarem em suas fileiras e proclama como seu objetivo defender os interesses e as reivindicações dos mais diversos setores da maioria nacional oprimida e impulsionar seu combate, com total independência dos exploradores.
      O PCO se define como um partido operário porque inscreve em seu programa que a satisfação das aspirações mais elementares do conjunto da população explorada é impossível nos marcos da sociedade capitalista e do Estado burguês, ou seja, proclama a inevitabilidade da abolição da propriedade privada capitalista.
      A estes objetivos históricos, que são os objetivos do proletariado, o PCO incorpora as reivindicações parciais e transitórias que, no atual regime, contrapõem os interesses do pequeno proprietário ao grande monopólio, o trabalhador autônomo às grandes corporações industriais e comerciais. O PCO chama todos os explorados a assumirem a estratégia e o programa da
      transformação socialista da sociedade.
      Entre os trabalhadores e demais explorados o PCO pretende discutir as características e os princípios de seu programa e de sua atividade.
      O nacionalismo burguês já demonstrou sua incapacidade para arrancar o país do atraso e da miséria que não param de crescer. Não foi capaz de realizar a revolução agrária e promover a unidade e a independência nacional. A burguesia nacional é uma classe historicamente caduca, definitivamente incapaz de levar a cabo as tarefas democráticas da nação oprimida. Por isso o PCO opõe-se a qualquer tentativa de subordinar as reivindicações das massas à direção do
      nacionalismo burguês ou pequeno-burguês.
      Contra esta perspectiva o PCO propõe a unidade das organizações operárias, camponesas, da juventude e de todos os explorados em uma frente única que realize as aspirações vitais dos explorados e o seu governo próprio, o governo das organizações dos explorados da cidade e do campo.
      O método de luta fundamental dos trabalhadores é a sua mobilização de massas. Com base nisso, a intervenção parlamentar do PCO deve subordinar-se totalmente às necessidades do movimento próprio dos trabalhadores.
      Os interesses dos trabalhadores de todos os países são os mesmos. A emancipação da classe operária é, portanto, uma tarefa histórica na qual estão igualmente interessados os operários de todo o mundo. Não fazem parte deste proletariado mundial, no entanto, nem a aristocracia operária dos países imperialistas, nem a burocracia dos países que ontem e hoje se autodenominaram de “comunistas”. Uns e outros passaram à defesa dos interesses do grande capital mundial, o imperialismo, contra os interesses dos operários e dos povos oprimidos.
      Para o PCO os interesses dos proletariado brasileiro coincidem com os do proletariado mundial tomado em seu conjunto. Nos solidarizamos e apoiamos as lutas dos explorados e de suas organizações independentes da burguesia em todo o mundo.
      O Partido da Causa Operária, portanto, não luta por novos privilégios de classe, mas sim em prol do bem comum, pela supressão da dominação de classes.
      Em função destas idéias combaterá não somente a exploração e a opressão dos trabalhadores assalariados, mas todo tipo de opressão e exploração, esteja dirigida contra uma classe, um partido, um sexo, uma raça ou uma nação.

      • Ah,Vá!!! disse:

        A Unifesp está perdida mesmo. Esses cães – parasitas pseudo-comunistas – não vão largar o osso nunca.

        • PCO29 - Partido da Causa Operária disse:

          China
          O que está por trás da alta demanda de commodities?

          Uma parte, cada vez maior, das matérias primas e das máquinas não tem como destino os processos industriais, mas tem sido usada como garantia para a obtenção de empréstimos que são aplicados na especulação financeira

          10 de julho de 2012

          Após o aprofundamento da crise capitalista mundial, a partir do terceiro trimestre do ano passado, a demanda por matérias primas e máquinas pela China tem continuado maior de que a desaceleração industrial e da construção civil. A queda da demanda mundial demonstra que se trata de uma crise de superprodução que tem como tem se manifestado, principalmente, como uma crise financeira devido ao elevado grau de parasitismo do capitalismo.

          O governo chinês tentou “conter” o aprofundamento da crise capitalista no País, a partir de 2009, por meio do incentivo artificial ao consumo. Foram liberados mais de US$ 600 bilhões para os bancos realizarem empréstimos destinados a promover a especulação imobiliária e obras de infraestrutura. O mecanismo se esgotou três anos depois. Como resultados, os governos provinciais aumentaram o endividamento, de conjunto, para US$ 1,7 trilhões e a dependência do orçamento público, das vendas de terras públicas para as construtoras, em 40%, na média. Várias obras públicas foram paradas devido à falta de recursos.

          O crescimento do movimento operário na China tem levado ao aumento dos salários que passaram de US$ 30, na média, na década de 1980, para US$ 260. O governo chinês tem aumentado as operações para controlar diretamente as fontes de matérias primas em vários países atrasados na tentativa de conter o aumento dos preços das mercadorias, que, por sua vez, tem se convertido num dos fatores do aumento das pressões inflacionárias em escala mundial catapultada pela especulação com matérias primas pelos parasitas imperialistas. Esta política, junto com o aumento da disputa dos mercados secundários de armamentos, tem levado ao acirramento das contradições com as potências imperialistas, principalmente o imperialismo norte-americano, que busca controlar mais estreitamente as fontes de matérias primas, com o objetivo de garantir a ditadura do dólar nas transações comerciais mundiais, que é a base do domínio dos mercados especulativos.

          Os altos volumes de importações pela China têm como principal destino a especulação financeira

          O governo chinês cortou as taxas de juros para os bancos duas vezes desde o mês de junho. O objetivo principal tem sido baratear o tomada de empréstimos de recursos públicos pelos bancos devido à disparada da inadimplência e às necessidades de recursos pelas construtoras.

          Em relação ao barateamento do crédito para a compra de commodities, o principal fator envolvido é que uma parte, cada vez maior, das matérias primas e das máquinas importadas não tem como destino o uso em processos industriais, mas a especulação financeira. Esses produtos têm sido usados como garantia para a obtenção de empréstimos que são aplicados no mercado financeiro em investimentos a curto prazo.

          Perante o esgotamento da especulação imobiliária, volumes crescentes de capitais estão sendo direcionados à especulação nas bolsas de valores, inclusive com a abertura maior para os capitais imperialistas na China continental. Esta movimentação tem ajudado as empresas industriais a reduzir a queda dos lucros perante a redução da demanda pelos produtos manufaturados nos mercados mundiais. Os recursos não têm sido usados para os investimentos produtivos, mas para a rolagem de dívidas e a especulação financeira. Na prática, trata-se das mesmas operações de carry trade que têm sido implementada pelas principais potências imperialistas e países atrasados – tomada de recursos públicos a baixo custo para continuar aplicando-os na especulação financeira garantindo rendimentos com simples operações de troca de mãos. A peculiaridade chinesa é que os mecanismos especulativos estão menos desenvolvidos, apesar de estarem em crescente aumento. Por outro lado, o aquecimento da demanda chinesa por mecanismos artificiais é condição vital da especulação financeira mundial nos mercados de commodities, pois ela responde pelos principais produtos que são objeto da especulação financeira nas bolsas futuras de mercadorias imperialistas.

          Dessa maneira, as importações de cobre aumentaram em mais de 50% nos primeiros meses do ano e a demanda por aço se manteve robusta, apesar da produção industrial ter caído 10% no mesmo período e a construção civil ter desacelerado. A demanda por soja aumentou fortemente, apesar do crescimento do consumo ter sido muito moderado.

          Grandes manufaturas de máquinas industriais, como a Zoomlion e a Sany têm aumentado as vendas apesar da queda dos investimentos em ativos fixos. De acordo com um relatório da Zoomlion, a metade das máquinas vendidas (a crédito) no primeiro trimestre deste ano nunca chegaram a ser ligadas.

        • Ah,Vá!!! disse:

          “…proclama a inevitabilidade da abolição da propriedade privada capitalista.” – Vocês vão tomar as propriedades do Juraci, também?

  4. bruno pirenco disse:

    tá nervosa??? vá pescar, querida. kkk

    • ? disse:

      Hahaha…Boa!!!

    • Tá nervoso vai estudar!!!! disse:

      O que voce deseja caro companheiro revolucionário da UNIFESP?
      Se quiser podemos mandar colocar um busto seu no patio do campus, fazer um mural em homenagem a sua coragem e honra, colocar o nome do campus em sua honra e vitória.
      Mas a voce já basta um vai tomar no cu mentiroso . Cretino de merda!!!!
      Que cliche hein: “vida longa aos companheiros que direcionam suas artes, fazendo delas um instrumento revolucionário contra o capital”.
      Quanto o papai paga pra você levantar os standartes politico que vem levantando?
      Quem é seu padrinho politico?
      BABACA DO CARALHO!!!!
      Devia ter ficado preso era um bem que fazia a UNIFESP e a sociedade.
      Sanguessuga politico é a pior espécie de pessoa que tem!!!!

  5. bruno pirenco disse:

    kkk. é assim que eu gosto!!! Revele-se ao mundo, minha flor fascistinha. Saia deste pequeno antro que há muito te aprisiona; saia desta bosta que não lhe serve mais de adubo. O mundo precisa do teu aroma, mostre-se, florzinha. Oh, minha querida, mostre-se. Prometo que não taparei minha narina por conta do teu cheiro; prometo que não fecharei os olhos diante tua cinza cor; minha flor fascistinha, mostre-se, não se reprima.

    • Para o bruno pirado disse:

      Claro que não irá se incomodar com o meu cheiro, afinal são anos de sua própria convivência com seu odor fétido, de suas ideias incoerentes e inadequadas e sutilmente ensinadas para outro governar. Voce é um reles títere, que logo que perder a utilidade vai ser descartado por aqueles mesmo que te ensinaram a se mover.
      Quanto ao fascistinha vou relevar pois tenho certeza que voce ignora seu verdadeiro significado. Seu MENTECAPTO!!!!
      Sou florzinha sim!!! E voce é um mero Pinhão-de-purga planta venenosa que causa
      causa aglutinação das hemáceas e dificuldade de circulação do sangue.Pinhão-de-purga pode causar a morte!!!!
      Alias quando seu padrinho politico (seja lá quem for) conseguir realizar o tão almejado objetivo de te promover a um cargo no tão ardoroso mundo podre da politica terei vergonha de dizer que estudei na mesma instituição que você.
      Seu futuro é brilhante companheiro, um futuro tão brilhante que jamais deixará faltar aos seus!!!

  6. bruno pirenco disse:

    kkk. gostei. kkk

  7. Rememorando,

    22 de março de 2012, assembléia inicial com aproximadamente 600 estudantes aprova GREVE GERAL. Em seguida, devido à confusão armada pelos insatisfeitos com a decisão e ainda uma chuva da pesada, todos vão para o teatro. Em seguida, vários estudantes saem das salas de aulas e também se dirigem ao teatro, lotando o mesmo e ainda, após esclarecimentos, salvo uns 50 a 80 estudantes insatisfeitos, referendam a assembléia geral, agendando a próxima para definição e organização da pauta de reivindicações.

    Todos fecharam com uma caracterização: TOTAL PRECARIZAÇÃO DO CAMPUS entre outros problemas, apontados na pauta de reivindicações 2012. Blog no ar, começam o tiroteio de alguns estudantes que se utilizam do anonimato (durante mais de 100 dias de greve), além de palavrões, mentiras e numerosas tentativas de desmobilizar os estudantes grevistas. São DERROTADOS em 5 assembléias consecutivas, inclusive com forte apoio da burocracia acadêmica.

    Agora, com as mil e uma promessas da reitoria, tentam a todo custo minimizar a luta dos estudantes que apoiaram (nas assembléias) ou que estão na frente da luta (comando de greve e comissão de negociações), na tentativa de ISOLAR o movimento estudantil, seguindo a cartilha da reitoria, diretoria acadêmica e maioria da congregação.

    A GREVE NACIONAL demonstra claramente que a política nacional para a educação, implantada via REUNI, vaza águas. Portanto, não se trata de um CASO ISOLADO, mas de uma calamidade nacional. Conformem-se, entrem na luta e chega de papo furado: LUTAMOS POR UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA, GRATUITA, UNIVERSAL E DE BOA QUALIDADE, sem REPRESSÃO e DEMOCRÁTICA (PROPORCIONALIDADE EM TODAS AS INSTÂNCIAS REPRESENTATIVAS).

  8. Planejamento volta atrás e marca reunião com professores federais em greve para esta sexta disse:

    Após dizer que não teria agenda até o dia 31 de julho para se reunir com os professores das universidades federais em greve há quase dois meses, o Ministério do Planejamento voltou atrás e informou nesta quinta (12) que marcou um encontro com a categoria amanhã (13), às 15h, em Brasília.

  9. A TODOS disse:

    Aff…esse Juraci é muito repetitivo, chato, enfadonho, o tal bruno pirado, surfistinha, sei lá é um puta chato, não fala nada que preste, duas criaturas derrotadas, enfadonhas, nojentas, idiotas.Parem com essa viadagem e mostrem algo de bom que até agora fizeram, AHHHH tá entendi não fizeram porra nenhuma, a não ser pichar, acuar pessoas,destruir prédio, etc. Vândalos, marginais, vagabundos, isso é o que vocês e sua corja são.

  10. Alpha disse:

    Uma pergunta que não quer calar: POR QUE AINDA NÃO PUBLICARAM O VÍDEO DA SEGUNDA REUNIÃO DE NEGOCIAÇÃO????? O que há nele que o C.G não deseja que vejamos e, principalmente, concluamos?

  11. bruno pirenco disse:

    ”surfistinha” kkkkkk. criativa. kkkkk. alguns comentários me fazem rir muito. kkkk. por favor, galera, naum parem. isso é d +.
    abraços, carinhosos. flores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s