Calendário de mobilização em Julho.

Atenção para o Calendário de Mobilização para o mês de Julho, com GTs, debates, reuniões e encontros de cursos.

dia 18/07, quarta-feira:

– Grupos de Trabalho. GTs de Infraestrutura, Acesso e Permanência, Repressão e Transparência, para discussão e elaboração da contraproposta, às 18h00 no campus Guarulhos. *

– Roda de debate sobre a greve, realizada pelo CAEL, com estudantes e professores de Letras. No campus Guarulhos, sala 19 às 18h00.

– Marcha a Brasília, com acampamento e ocupação da esplanada dos Ministérios.

* O GT para discussão e elaboração da contraproposta foi adiado dia 18, quarta-feira, devido a Reunião com a reitoria “sem o reitor”, que se estendeu até às 19hs00, inviabilizando a realização do debate.

** O Debate no DCE contra a presença da PM nas universidades, que iria acontecer dia 18, quarta-feira, foi adiado para a semana que vem, pois está pendente a confirmação de um dos palestrantes.

Encontros de cursos:

História – 14 a 21 de julho – ENEH – Na Unifesp, Guarulhos/SP.
http://xxxi-eneh.blogspot.com.br
 
Letras – 21 a 28 de julho – ENEL –  Na UFSC, Florianópolis/SC.
http://enelsul.paginas.ufsc.br
 
Filosofia – 15 a 21 de julho – COBREFIL – Na UFPel, Pelotas/RS.
http://cobrefil2012.wordpress.com
 
Ciências Sociais – 21 a 28 de julho – ENECS – Na ASSUFSM-UFSM, Santa Maria/RS.
http://enecs2012.blogspot.com.br
 
Pedagogia – 14 a 21 de julho – ENEPe – Na UFMG-Campus Pampulha, Belo Horizonte/MG.
http://enepedagogia.blogspot.com.br
 
Propostas, alterações ou inclusões no calendário, favor enviar no email da greve: greveunifesp@gmail.com
Esse post foi publicado em Agenda da semana. Bookmark o link permanente.

36 respostas para Calendário de mobilização em Julho.

  1. Jurassauro disse:

    Sei que por aqui o povo não gosta muito da Veja, mas essa reportagem é a mais pura verdade sobre a Unifesp: http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/reuni-atraso-em-obras-ameaca-excelencia-da-unifesp

    • Votem no PT disse:

      O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, fez na manhã desta quarta-feira,18, uma caminhada que recuperou parte de sua história familiar. Neto de libaneses e filho de um comerciante de tecidos, Haddad almoçou com coordenadores de sua campanha no restaurante Casa Líbano e depois andou pelas ruas do centro comercial do Brás, região central da capital.
      “São Paulo só tem a ganhar com as lojas de bairro. Cada porta aberta dessas gera muitos empregos”, disse, sugerindo reavaliar as regras de publicidade no mobiliário urbano para beneficiar os comerciantes de rua. Ele lembrou que por muitos anos visitava o Brás com um mostruário de tecido embaixo do braço, oferecendo os produtos da loja de seu pai.

      Durante o evento, Haddad foi abordado por quatro estudantes com cartazes em mãos que protestavam contra a greve nas universidades federais. “Estamos há mais de 60 dias sem aula e queremos estudar”, protestou Victor Ferreira, 22 anos, aluno de engenharia da Universidade Federal de São Carlos. Aos manifestantes, o petista disse que já havia saído do Ministério da Educação quando a greve começou, mas se comprometeu a levar a mensagem dos estudantes ao Ministério do Planejamento, que tem a palavra final sobre o plano de carreira dos professores.

      A gerente de loja Adriana Fátima dos Santos Silva, 36 anos, lucrou com a passagem do ex-ministro pelo bairro. Ao vê-lo, pegou Haddad pelo braço e o puxou para dentro da loja. “Agora o senhor vai comprar uma blusa aqui”, disse. Haddad saiu do local vestindo um novo pulôver marrom, comprado por R$ 110. Adriana disse ser a segunda vez que usa a tática. Durante a campanha de 2002 ela puxou o então candidato a governador José Genoíno (PT) para dentro da loja, que também foi convencido a comprar uma blusa.

      • Júlia Rosa disse:

        Ter a prefeitura de Sao Paulo e questão de honra para o PT, vamos ver…..
        Quem sabe depois o governo do Estado…

        Eu gostaria de ver o PSDB banido do território paulista, ainda que o PT nao signifique uma melhoria radicalmente melhor!

        E o Haddad fica melhor na foto que o kassab….vamos combinar!

        • CULPEM O PT E O JURASSAURO POR ESSA BADERNA! disse:

          “Eu gostaria de ver o PSDB banido do território paulista, ainda que o PT nao signifique uma melhoria radicalmente melhor!”

          Engraçado que a USP, a UNICAMP, a UNESP, a FAMEMA e a FAMERP (universidades mantidas pelo governo estadual, do PSDB) não estão em greve desde março…

          Engraçado que não foi o PSDB que começou o REUNI, que fez universidades (literalmente) de lata…

          Engraçado que os grandes culpados por essa crise das federais, dupla Lula-Haddad, não são do PSDB…

          Engraçado que nunca vi outra universidade brasileira a frente da USP e da UNICAMP (do governo estadual) nos rankings de melhores universidades do mundo…

          Se a UNIFESP está esse caos coloquem a culpa em quem realmente merecem: O PT e seus votantes, principalmente no sr. Juraci Baena Garcia, que, para os que não sabem, é filiado a esse partido.

          • Júlia Rosa disse:

            Verdade! a USP Leste por exemplo, que freqüento bastante em cursos de extensão, pois todos os sábados esta aberta a comunidade, com seu quadro de professores ativamente trabalhando em atividades de formação para o magistério do Estado, comportaria uns três campus Guarulhos sem problemas! O bandejao e uma beleza!
            lá os professores nao sao turistas….estão envolvidos com a comunidade! Bom isso e outra historia né?

            Mas acredito que a alternância de poder e fundamental em qualquer democracia, por mais capenga que seja a nossa, certo?!

            20 anos no poder? Mini ou mega ditadura? Os esclarecidos ajudem-me!

            Já o caso da Unifesp Guarulhos e obra do PT mesmo! nao tem como discordar de vc!
            E aproveitando um jingle da campanha Malufista de um tempinho atras, a gente pode dizer:

            A Unifesp Guarulhos?!?! Foi o Lula que fez!!!!!

          • Como assim? disse:

            Como assim “mini ou mega ditadura”? Por acasou houve algum golpe de Estado e eu não estou sabendo? Se eles estão lá é porque a maioria da população paulista assim o vem querendo nos últimos quase 20 anos…
            Júlia, esse seu argumentinho é típico do povinho do PCO, PSTU e congêneres… não conseguem ganhar eleição nem pra síndico de prédio e ficam falando em “ditadura” dos outros…
            Vai estudar que vc ganha +!!!

          • Marcos disse:

            É isso aí, Como Assim?! O Mesmo Demo que manifesta-se no pleito paulista e abençoa o governo, manifesta-se em nossas assembléias estudantis e abençoa o Comando!

            Vida Longa a Greve!

            Demo Save the Commando!

        • Marcos disse:

          A USP tem mais de 80 anos e desde sua fundação contempla as várias áreas de conhecimento (o curso de filosofia da USP foi o ÚNICO brasileiro à aparecer no ranking mundial dos 200+)… as outras paulista também são antigas e surgiram pela aglutinação de outras existentes.

          A UNIFESP até ontém era apenas Escola Paulista de Medicina — e continua sendo: ao contrário da USP, UNESP e UNICAMP, além da UNIFESP ser centralizada nos cursos da Vl. Clementino, os que foram criados na expansão – para que a EPM não continuasse sendo apenas acrônimo de Universidade – não têm tradição alguma, foram criados do nada…. há de se ressaltar, também, que as universidades paulistas sempre tiveram autonomia (inclusive financeira); enfrentaram, até com luta de rua, uma série de governos que “as financiaram”… atualmente a coisa parece estar meio tenebrosa, bem perceptível em eventos que estão ocorrendo na nossa vizinha: já que tu se liga em ranking, digita no google “queda USP ranking” e veja o que vem acontecendo de 2007 pra cá.

          As outras são

    • PCO29 - Partido da Causa Operária disse:

      Um recado aos que querem o retorno às aulas em agosto: vocês são tolos(as)! Esta é a maior GREVE de todos os tempos! O plano é ultrapassarmos o ano que vem. A oportunidade pede isso.

  2. Matéria Veja

    Esta matéria retrata grande parte do conjunto de problemas da Unifesp e, particularmente, do Campus Guarulhos. Para não entrar muito em outras questões, a exemplo do modelo acadêmico (docentes e discentes), vamos apenas nos focar na questão da violência contra uma universidade pública, gratuita, universal e de boa qualidade.

    Não temos ilusão e sempre foi divulgado nas assembléias: da forma que a PRECARIZAÇÃO DO CAMPUS GUARULHOS vem sendo tratada, não resta dúvida a ninguém que a qualidade da formação, sejam qual for o curso, entre outros problemas, é cada vez mais precária.

    Desta forma, analisando o conjunto e a formação que é para toda uma vida, podemos classificar como um tipo de violência contra os estudantes e, mesmo, docentes, este descaso da direção da Unifesp e, atente, não é uma mera questão de gestão, é intencional mesmo.

    Já fizemos o desafio anteriormente: soma-se todas as verbas que a Unifesp recebeu do Governo Federal, entre outras de fontes diversas e, coloca-se ao lado todas as despesas, isto no período de 2007 a 2012. Em seguida, apontamos o destino que verbas foram utilizadas. Com certeza teremos um quadro das OPÇÕES POLÍTICAS que esta Reitoria, respaldada pelo CONSU, Diretores Acadêmicos e Congregações tomaram ao longo deste anos.

    Apenas pinçando um exemplo: a BELÍSSIMA SEDE ADMINISTRATIVA DA UNIFESP, próxima ao Ibirapuera, região com um valor considerável por metro quadrado, já dá uma amostra do modelo político adotado pela atual direção, deixando à mingua os demais Campi, principalmente Guarulhos.

    Portanto, tentar com factóides criados durantes mais de 100 dias de greve, na clara tentativa de CRIMINALIZAR O MOVIMENTO ESTUDANTIL, fartamente registrada, é um outra das marcas dos dirigentes da Unifesp, inclusive e principalmente no Campus Guarulhos.

  3. Júlia Rosa disse:

    Pessoal, tem um calendário previsto para agosto? É que eu gostaria de viajar…e se o comando determinar um calendário, sei que as aulas não vão voltar. É sério, preciso saber o mais rápido possível!!! Aliás, acho contraproducente o retorno às aulas este ano, em uma análise fria e imparcial!

    Cordialmente,
    Julia Rosa

    • Marcos disse:

      Nossa!!! Vai para o Tibet escalar o Himalaia e tá fazendo treianmento de adaptação em um mosteiro budista? Foi muito bom ver a senhora sendo cordial… tomara que dê tudo certo: boa viagem 🙂

      • De cínico pra cínico disse:

        Cínico!

      • Júlia Rosa disse:

        Nao sou tão elevada espiritualmente como o senhor! Neve nunca vi e nao pretendo ver! Mas minhas merecidas ferias de trabalho serão desfrutadas em uma boa praia ensolarada no nordeste brasileiro! Delicia! Afinal esse frio de Sao Paulo e du caralho.

        Mas que mania (de grandeza) essa de brasileiro em nao valorizar nossas riquezas naturais! Affff! Já pensa logo no “estrangeiro” né sonsinho?!

  4. AS CORES DA NORMALIDADE disse:

    aulas só ano que vem. isso mesmo.

    • Júlia Rosa disse:

      Diante do descaso e renitência do governo frente às reivindicações fui convencida, politicamente, que o único meio de termos essas velhas reivindicações atendidas é a greve! Só nos resta resistir para obtermos uma educação de qualidade, secularmente negada às classes populares! Nossa perda reverterá no mínimo em mudanças brevemente, tenho certeza! Ficar como está não dá!

      • "Pimentas" no c*** dos outros é refresco disse:

        Tá apoiando o Jurazica agora!!!!

        • Júlia Rosa disse:

          O Papai Smurf não apoio não! é muita apelação!!

          Agora, fala sério! tá todo mundo fudido com toda essa situação e tentar crucificar os grevistas por tudo pra mim não cola!
          Somente um governo que admite sua total incompetência e desprezo pela educação, não toma nenhuma atitude diante desse cenário dantesco! é mais ou menos assim: devo, não nego, pago quando puder….

          Meu querido (a)! eles estão em campanha, fazendo contas pra eleger o maior número de vereadores e prefeitos entre PT e PMDB…. que greve!!?? o que é isso!?!? driblar greve para o PT é brincadeira de criança! o primeiro, o segundo e até o terceiro escalão do governo quer que explodamos!!! afinal seremos o que? mais um bando (literalmente) de professores precarizados e mortos de fome, jogados dentro do mesmo ciclo de educação de baixa qualidade (?!?!?!) É! não sei como vc vai usar seu diploma, mas eu vou para o olho do furacão em breve…
          Dá pra mudar? Dá! mas leva tempo e desobediência civil!

          De mais a mais, após outubro, a santa paz retornará ao nosso lar….fique certo (a)! Beijos!

          • "Pimentas" no c*** dos outros é refresco disse:

            Julia:

            Obrigado pelo seu esclarecimento, só agora pude entender que o seu comentário era direcionado aos políticos e seus partidos, nisto te dou total razão, afinal, tudo que acontece hoje nas esferas menores é culpa da má gestão e mau exemplo que eles dão . Mas por um instante achei que vc estava apoiando essa corja disfarçada de estudantes. Desculpe o mal entendido. Abç…

    • O país do faz de conta disse:

      Aula só depois de Outubro quando todo esse circo for desmontado.
      O governo fingindo que faz alguma coisa pelo país e os sindicatos fingindo que lutam em prol do povo trababalhador, os fantoches politicos do movimento estudantil fingindo que fazem reivindicações ao estudante, os politicos fingindo que não se beneficiam com essa parnafenalha toda, e o povo e o estudante tomando no rabo, mas essa é a única coisa que não é fingimento.

      • Júlia Rosa disse:

        Infelizmente sim! Esse e o preço que vamos pagar por um Estado que despreza seu povo! De todos os lados vemos conchavos e trafico de influencias; mas pior do que os grevistas e um governo renitente em conceder aquilo que e nosso direito!
        Veja que na historia de qq povo ou nação, nada foi conseguido sem grandes perdas, para no futuro termos algum ganho!

        Nessa “guerra de representações” (Chartier), nao vou ficar na posição da reitoria e da diretoria, ainda que o preço que estou pagando seja bem alto!

        • só quero estudar!!! disse:

          virou a casaca Julia?

          • Júlia Rosa disse:

            Minha ojeriza a essa gente continua a mesma!

            Mas analise comigo! Para chegarmos ao completo estado de descaso e impotência em que estamos, somente um governo muito FDP para permitir tudo isso!
            Mais incompetente e dissimulado que os partidários grevistas de ocasião (não todos) é um governo que trabalha eternamente para as elites desse país, e despreza a população em todas as políticas públicas. Isso tenho que concordar com o comando de greve. É incoerente ficar esperando que a bondade do reitor e do MEC decidam bater as estacas desse prédio! Se aceitarmos essa situação calmamente, qual será o próximo passo? Cobrar mensalidade? Cumprir a agenda de privatizações do governo, tanto de oposição quanto de situação??? não dá…

            Em que país sério uma universidade gerida e mantida com recursos públicos para por seis meses sem que uma providência sequer seja tomada? Já ouviu o ditado, quem cala consente? pois é…

            Também estou prejudicada até o talo com essa situação, mas pelo menos de agora em diante prefiro apontar o verdadeiro culpado! Nosso caso é grave amigo (a) e como sempre, quem mais perde somos nós, os filhos de trabalhadores! bom! pelo menos eu sou!

            Estamos do mesmo lado não se esqueça!

  5. Greve que greve????? disse:

    Servidor público não faz greve, tira férias !!!!
    “Nenhum brasileiro pode aceitar alguém fazer 90 dias de greve e receber os dias parados, porque aí deixa de ser greve e passa a ser férias”
    Luís Inácio da Silva-Lula

  6. Só quero estudar 2? disse:

    Não se engane Julia os interesses dessa greve dos professores das federais parecem ser pelo bem de todos, pela educação e bla bla. Mas na verdade são os mesmos podres poderes que estimularam a greve na UNIFESP-Guarulhos.
    Não estou defendendo o governo ou qualquer outro envolvido nessa palhaçada,mas os professores acampados lá na esplanada aparenta um luta pela educação no Brasil, mas quem realmente tem opinião critica sabe que os interesses politicos ali são outros.
    Porque quando a greve estava limitada somente ao Campus-Guarulhos ela não era boa pra voce e agora que tem grandões envolvidos parece que te convenceram? Não acredite apenas na imagem que tu vês.
    Pra mim essa greve dos professores e do Campus-Guarulhos é trocar alhos por bugalhos!!!

    • Júlia Rosa disse:

      Concordo com vc, alias questiono porque somente agora vem a tal greve dos professores? Porque quando estava “ardendo” só do nosso lado, professor nenhum movia uma palha no concreto para mudar as condições do campus, ou seja, fazer greve por melhor estrutura; infelizmente e isso! E duro admitir esse cenário… Já ouviu essa frase: de-me uma conveniência ou de-me a morte? Pois e! E isso! Negociação encerrada com o governo, os professores voltam e louvado seja o santo apaziguamento social! Ambas as partes satisfeitas e até a próxima….

      Continuo achando essa greve uma tragédia, mas confesso caro, que entrei numa fase de ataraxia, afinal sou um ser humano; prejudicada já estou mesmo então nao adianta entrar num quadro ansioso por essa pataquada toda. A única coisa que eu deveria fazer Mesmo e processar o Estado por todo esse desperdício e o dano causado a mim pela interrupção dos estudos formais, pois mesmo em casa nunca deixo de ler.

      Se um governo admite seis meses de investimentos públicos escorridos pelo ralo, e porque no minimo e o principal elemento causador dessa desordem dantesca! Minha critica caminha agora mais nesse sentido entende?! Mas entendo o que vc coloca.

      Abraços! E boa sorte!

      Ps.: estou sem acento agudo no e.

  7. Greve!!!! disse:

    Merdas não se anulam. Apenas acumulam.

  8. Júlia Rosa disse:

    Concordo com vc, alias questiono porque somente agora vem a tal greve dos professores? Porque quando estava “ardendo” só do nosso lado, professor nenhum movia uma palha no concreto para mudar as condições do campus, ou seja, fazer greve por melhor estrutura; infelizmente e isso! E duro admitir esse cenário… Já ouviu essa frase: de-me uma conveniência ou de-me a morte? Pois e! E isso! Negociação encerrada com o governo, os professores voltam e louvado seja o santo apaziguamento social! Ambas as partes satisfeitas e até a próxima….

    Continuo achando essa greve uma tragédia, mas confesso caro, que entrei numa fase de ataraxia, afinal sou um ser humano; prejudicada já estou mesmo então nao adianta entrar num quadro ansioso por essa pataqüera toda. A única coisa que eu deveria fazer Mesmo e processar o Estado por todo esse desperdício e o dano causado a mim pela interrupção dos estudos formais, pois mesmo em casa nunca deixo de ler.

    Se um governo admite seis meses de investimentos públicos escorridos pelo ralo, e porque no minimo e o principal elemento causador dessa desordem dantesca! Minha critica caminha agora mais nesse sentido entende?! Mas entendo o que vc coloca.

    Abraços! E boa sorte!

    Ps.: estou se acento agudo no e.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s