Atenção! Estudantes Processados Unifesp

A Comissão Jurídica está sendo reformulada para também acompanhar os processsos judiciais e administrativos em andamento e os que serão abertos.

Quem foi fichado, preso, processado judicialmente durante manifestações políticas em nossa universidade, envie um e-mail para manter-se informado ou colabore com a comissão, por meio de informações ou participação nas reuniões. Será feito também o acompanhamento dos processos administrativos decorrentes das sindicâncias (punições, expulsões etc.).

A Comissão Jurídica está aberta a colaborações e orientações, já que nos últimos 5 anos, a cada ano tem aumentado o número de ocorrências policiais, prisões e processos, demonstrando claramente o quanto o movimento estudantil na Unifesp e em todo Brasil vem sendo criminalizado.

Comissão Jurídica
Email: processadosunifesp@gmail.com
Esse post foi publicado em Informes e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para Atenção! Estudantes Processados Unifesp

  1. Um dos processados disse:

    Apelo de um processado

    Eu levei borrachada, fui algemado, fichado, preso, torturado, processado e escrachado; por favor me ajudem. Não estou conseguindo pagar o “adevogado” com o auxílio estudantil.
    Papai e mamãe me negaram ajuda. Só conto vocês, camaradas.
    Eu me enquadro no perfil do “Auxílio Processado”, né?

  2. Capivara disse:

    Minha colaboração a “comissão jurídica”: Aproveitem e informem aos estudantes e a população dos Pimentas como um todo, os nomes de quem PICHOU e ACABOU com o resto do prédio que já era ruim.
    Aquilo é fruto dos impostos de todos, então acho que a comunidade unifespiana e a população em geral tem direito de saber.
    Obrigado.

  3. Libera aê!!! disse:

    Libera aê, os comentários aê, processados!!! Moderação pra quê?! Vou processá-los por reprimirem meus comments.

  4. IMPRESSIONANTE

    Mais de 100 dias de greve e quantos ataques ao MOVIMENTO ESTUDANTIL!

    Impressiona o números de ANÔNIMOS que se manifestam contrários à greve. Acusam desesperadamente e sem nenhum critério o movimento estudantil, mas não falam uma linha sobre a PRECARIZAÇÃO DO CAMPUS GUARULHOS, ou ainda, a REPRESSÃO E CRIMINALIZAÇÃO DO MOVIMENTO ESTUDANTIL, via factóides criados por alguns poucos estudantes ou docentes.

    Não dizem nada sobre as 5 (cinco) assembléia consecutivas que aprovaram a greve e sua continuidade e, quando comentam, procuram desqualificar seja pelo número de estudantes presentes nas assembléias, votações ou manipulações, com se fosse possível HIPNOTIZAR os estudantes nas assembléias.

    Outro absurdo é ler ou escutar DOCENTES E ESTUDANTES, além dos burocratas, acusarem os estudantes de QUEBRAREM VIDROS, COMPUTADORES e ainda PROPORCIONAREM “CÁRCERE PRIVADO” A DOCENTES dentro da Diretoria Acadêmica.

    Mais ainda, é ver o relato em depoimento por escrito na Polícia Federal, tanto do Diretor Acadêmico, como também do 1.o Tenente da PM na Polícia Federal, acusando os ESTUDANTES na mesma linha destes DOCENTES E ESTUDANTES.

    A proposta na próxima reunião da CONGREGAÇÃO, acima de qualquer proposta de mudar o Campus, será debater este modelo de universidade que temos e qual queremos.

    Agora, quanto às agressões, apelidos, palavrões – e vai por aí – destes DOCENTES E ESTUDANTES ANÔNIMOS é uma pequena amostra da UNIVERSIDADE QUE TEMOS e, certamente, não é a que sonhamos: UNIVERSIDADE PÚBLICA, GRATUITA, UNIVERSAL E DE BOA QUALIDADE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s