Proposta de pauta sobre a retirada do campus é oficialmente encaminhada à Congregação da EFLCH

Conforme foi divulgado na semana passada neste blog, na noite de ontem foi feito o pedido oficial de inclusão na pauta da próxima reunião da Congregação, em 02/08, a discussão sobre a retirada da EFLCH do Campus Guarulhos. Na solicitação, 20 professores-membros da Congregação encaminharam ao Presidente do colegiado, Marcos Cezar Freitas, o que consideram como “relevante para a consolidação do Projeto Acadêmico da EFLCH.”

Desde que foi noticiada na semana passada a solicitação de saída do Campus dos Pimentas enviada à Congregação, até então considerada fora de cogitação ou tratada de forma informal, diversas manifestações de repúdio à proposta tem sido feitas pelos estudantes. Por meio das redes sociais o assunto está há uma semana sendo comentado e um ato pela permanência da Unifesp no bairro dos Pimentas está sendo organizado, contando a confirmação de 200 estudantes até o momento.

No que concerne a intervenção do Movimento Estudantil na Congregação, duas demandas urgentes de discussão não foram atendidas e a terceira, que trata da estrutura de poder na Unifesp está no aguardo de uma resposta. A proposta para que se discutisse na reunião do dia 02/08 a Presença da PM no Campus e a criminalização do Movimento Estudantil foi negada, sob o argumento de que “os itens não se configuram itens de pauta porque não são, neste momento, matérias votáveis”. De acordo com o presidente e diretor acadêmico do Campus, os itens propostos pelo Movimento Estudantil não demandam nenhuma decisão da EFLCH – a respeito da PM no campus – e a criminalização do M.E. é matéria do Conselho Universitário (CONSU).

O terceiro tema que tem causado bastante polêmica no meio estudantil e também encaminhado como proposta de discussão é questão da representatividade nos Conselhos locais e centrais da Unifesp, compostos por maioria docente, 70% – os outros 30% são divididos entre técnicos-administrativos e estudantes. Uma resposta a respeito da inclusão ou não desta discussão na próxima reunião da Congregação está sendo aguardada.

O documento com a solicitação formal de inclusão do ponto de pauta sobre a retirada do Campus dos Pimentas encontra-se disponível a seguir: Solicitação à congregação encaminhada em 25 de julho de 2012
 
* A próxima reunião da Congregação será dia 02/08, às 16h00, no Campus Pimentas.
Esse post foi publicado em Acontece na UNIFESP, Acontece no campus, Cartas, Informes, Notícias e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Proposta de pauta sobre a retirada do campus é oficialmente encaminhada à Congregação da EFLCH

  1. Júlia Rosa disse:

    Guarulhos, 26 de julho de 2012

    Boa tarde.
    Após grande esforço institucional, com muita alegria encaminho no anexo o Edital de Concorrência para a licitação do prédio da EFLCH publicado no Diário Oficial de hoje.
    Atenciosamente,

    MC

    o aviso de licitação da CP 01/2012 está registrado no Comprasnet, com
    publicação no DOU agendada para o dia 26/07/2012.

    A abertura das propostas será dia 27/08/2012, às 10:00h, no campus Guarulhos.

    ATENÇÃO: Para registro das atas de demais atos pertinentes à concorrência diretamente no Comprasnet, como indicado em instrução normativa, será necessário que o Presidente disponha de certificado digital.

    Segue anexo edital.
    Divisão de Gestão de Materiais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s