Visita ao terreno da Moradia Estudantil – UNIFESP Campus SP

A greve estudantil dos alunos do Campus São Paulo, deflagrada em 29 de maio de 2012, tem dois eixos de reivindicações: infra-estrutura e assistência estudantil.

Na pauta de assistência, uma das lutas mais antigas é a conquista de uma moradia estudantil, que permita acesso ao ensino superior a diversos acadêmicos, bem como a completa experiência de um ambiente acadêmico.

Durante as negociações, um grupo de alunos foi visitar o terreno no bairro Santo Amaro, destinado à construção do novo projeto de Residência Universitária. O vídeo explica um pouco mais sobre esse projeto e mostra um panorama do terreno em Santo Amaro.

http://www.youtube.com/watch?v=UOtTc0GZ9tA
Esse post foi publicado em Acontece na UNIFESP, Informes e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Visita ao terreno da Moradia Estudantil – UNIFESP Campus SP

  1. publiuszum disse:

    Sou aluno da unifesp desde 2009, e a verdade é que essa afirmação de que guarulhos tem todas as condições de manter uma faculdade que inspira ter boa qualidade é uma mentira deslavada, sem escrupulo, pois o sistema de transporte é uma porcaria por falta de infra estrutura, alguns onibus adquiridos pela faculdade estão com vidros quebrados; as ruas, muitas estão esburacadas. o transito tambem muitas vezes infernal, neste ja presenciamos atropelamentos, batidas e etc;
    A verdade é que o corpo docente vem questinando a permanencia da faculdade no local por motivos obivios. a faculdade devido a localização geografica não arca com as necessidades basicas para estruturar uma boa educação universitária. O campus guarulhos está muito aquem de qualquer boa faculdade, abandonado, tanto pelas diretores, quanto pelos alunos (muitos nem chegam a terminar o curso por motivo de dificuldades em relação a chegada no bairro) e tambem pela propria comunidade que não tem nem um tipo atrativo socio educativo no lugar, a não ser uns ou outros que se aventuram em tentar engendrar uma aula de dança, de artes marciais e etc. O campus está isolado academicamente, os alunos da unifesp não tem nenhum contato com os outros pontos universitário de são paulo. Socio cultura educativa, guarulhos precisa, mas não adianta falar que guarulhos tem infra estrutura por que não tem, isso é uma mentira deslavada. é preciso ter melhorias, mas melhorias reais de infra estrutura implica em reurbanizar o bairro, que parece que não tem planejamento estratégico de urbanização, entendendo guarulhos como um pólo economico, mas é imcompativel com o papel de uma universidade publica de qualidade, inserida no meio socio cultural vigente no brasil em meio ao caos cornubado de guarulhos.
    Esses caras da cae são uns picaretas, que só falam, não são eles que vivem e experimentam o transito da dutra todos os dias, não são eles que vão aos pontos de onibus ver o que se tem passado. Quando esses sacanas falam de que guarulhos tem condições, isso não é verdade não tem o minimo pingo de veridico isso, é uma pouca vergonha, uma mentira na cara dura. Guarulhos precisa sim de faculdade, mas precisa de uma reforma urbana primeiro, e não de mais escola de lata abandonadas, o problema da unifesp guarulhos vai muito alem do espaço fisico proposto pela instituição unifesp, vai por todo o complemento organizacional da cidade, e não tem resolvido criar linhas de onibus. esses picaretas tem feito é criar confusão, manifestação e papagaiada, nenhum dos alunos se importa de verdade, essa é manifestação pra ingles ver.
    MENTIRA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s