Moção de apoio a greve dos estudantes da UNIFESP Guarulhos

Os estudantes da Universidade Federal de São Paulo estão em greve por melhores condições de estudo, tanto no âmbito estrutural da universidade quanto no restrito âmbito acadêmico. No campus de Guarulhos da universidade os estudantes já estão em greve há quatro meses e sofrendo profunda repressão. Repressão que se dá na forma de sindicâncias internas promovidas pelo reitor Albertoni e pelo diretor acadêmico Marcos César e na forma de prisões de estudantes por ocupações e atos. O campus da UNIFESP Guarulhos, bem como outros campi de universidades federais, se originou através de um projeto que cria vagas e cursos, mas proporciona pouca estrutura. Assim, não há biblioteca, o bandeijão é precarizado, as salas de aula são insuficientes e o espaço físico não atende a demanda de circulação, que é de cerca de 5mil pessoas. Como se não bastasse, não há bolsas de permanência, bolsa xerox e alimentação que supram todas as necessidades da manutenção cotidiana de um estudante de baixa renda no ensino superior.

Com a mobilização dos estudantes no entorno de todas essas questões, a ação da PM no campus tem sido uma prática recorrente para reprimir o movimento estudantil e impor um projeto de universidade que não se volta para a sociedade e nem abre seu espaço físico para a população local. Lutar contra sua presença e sua ação truculenta e opressora tanto na universidade quanto nas comunidades e nas ruas é uma tarefa de todo o movimento estudantil. O fato dessa escola ser sede do Encontro Nacional dos Estudantes de História 2012 não deve ser tratado como mera confluência de fatores. É preciso que a federação agregue à mobilização dos estudantes e reivindique politicamente esse espaço, extrapolando o uso de sua estrutura física, fortalecendo a luta no Pimentas por um outro projeto de universidade.

Frente a isso, a FEMEH, enquanto uma entidade nacional que deve fazer frente nas mobilizações de modo atuante e combativo, declara apoio total à greve dos estudantes da UNIFESP e todas as suas reivindicações, por um ensino verdadeiramente amplo e de qualidade que atenda as demandas da classe trabalhadora.

FEDERAÇÃO DO MOVIMENTO ESTUDANTIL DE HISTÓRIA
MOÇÃO APROVADA NO ENCONTRO NACIONAL DOS ESTUDANTES DE HISTÓRIA – JULHO 2012 – UNIFESP GUARULHOS

Cahis Ufal: http://cahisufal.blogspot.com.br/

Esse post foi publicado em Cartas e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s