Aulas continuam paralisadas na EFLCH

Para alguns alunos que retornaram ao campus hoje, houve a surpresa de não terem visto as atividades letivas sendo retomadas. Os alunos já esperavam para esta semana o reinício de algumas das atividades acadêmicas e alguma proposta mínima, com base num comunicado enviado sexta-feira, 31. O que está ocorrendo em lugar da retomada das atividades é um debate intitulado “localização da EFLCH”.

A demora para o retorno as atividades tem gerado muita dúvida e apreensão em muitos alunos. Nas redes sociais é grande a confusão e a falta de informação acaba dando espaço para surgimento de diversos boatos. Muitos acreditavam que retornariam às atividades nesta semana. O que se sabe de oficial é que a proposta de um calendário de aulas terá que passar por aprovação da na próxima reunião da Congregação, que provavelmente ocorrerá ainda nesta semana.

Como passaremos por três dias de colóquio e há um feriado durante esta semana, é provável que as aulas recomecem apenas na semana que vem, a partir do dia 10. Há alguns dispositivos legais que deverão ser considerados para a proposta de reposição, como 100 dias letivos em cada semestre e a possibilidade de 20% das aulas serem oferecidas de forma não-presencial.

O Colóquio sobre a permanência do Campus nos Pimentas está sendo realizado desde a tarde desta segunda-feira mas não tem atraído grande público. Apesar de divulgação massiva por parte de alguns docentes e da promessa da atividade contar com horas em atividades complementares, o evento fracassou por não atrair alunos nem moradores do bairro e de movimentos sociais. O evento na forma de colóquio com proposta de debater a permanência ou saída da Universidade do bairro é considerado desnecessário para o movimento estudantil e outros movimentos, pois consideram como inviável a possibilidade de retirada do Campus do Bairro dos Pimentas.

Esse post foi publicado em Informes, Notícias, Saiu na mídia e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Aulas continuam paralisadas na EFLCH

  1. Andreas Alves disse:

    É impressionante como esse bando de malandros consegue expressar-se de maneira tão dissimulada como se eles nada tivessem a ver com toda essa bagunça que se instaurou na EFLCH. Em primeiro lugar, excetuando os que realmente são sérios e comprometidos, há uma corja que compõe esse M.E da EFLCH que representa o que há de pior num estudante, isto é, alguém que mal frequenta sala de aula, mas que com certeza está noutras dependências da faculdade, vadiando. Sem contar que disso decorre a excessiva quantidade de reprovações que alguém dessa laia pega.

    Com um histórico assim, ainda o estudante regular tem de aturar uma falta de caráter tamanha a ponto deles se meterem a falar sobre movimento estudantil em qualquer oportunidade que se tem de levar o microfone perto da boca, detalhe, esse “estudante” sequer poderiam ser considerado como tal, porém, na mentalidade desses limítrofes, considera-se como estudante bastando apenas estar matriculado na EFLCH.

    Em suma, trata-se de um grupinho que simplesmente nada tem a perder porque, por natureza, são perdedores. E gritar por melhorias, tal como muitos fazem (dispõem de bastante tempo livro pra isso) chega a ser hipocrisia flagrante, pois sequer são CAPAZES de extrair o melhor com o que se tem ali. Alguns alegarão estrutura, mas se isso fosse fator preponderante, quase todos os alunos da primeira turma ainda não estariam formados, portanto, soa como mera desculpa de fracassado que não tem a decência de correr atrás de nada, sem contar que a demência inerente a gente dessa estirpe, potencializada num curso de humanidades, faz com que ele se sinta “diferenciado” e, por conseguinte, superior aos demais… quando na verdade é o mais reles, a pontode gritar feito neurótico para se fazer ouvir…

  2. GreveL disse:

    texto muito bem escrito.
    Claro e coerente.

    Parabéns a quem escreveu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s