“ATO PÚBLICO ESTÁ PROIBIDO! NÃO ADMITIMOS PASSEATA, NEM COMÍCIO. TÁ TODO MUNDO PRESO!”

“ATO PÚBLICO ESTÁ PROIBIDO! NÃO ADMITIMOS PASSEATA, NEM COMÍCIO. TÁ TODO MUNDO PRESO!”
– Cel. Erasmo Dias em 1977, durante invasão policial ao campus Perdizes (vídeo: http://bit.ly/15keNrR)

Enfim, Anna Cintra mostra, com unhas e dentes, a que veio. Com o ato nº 13/2013, publicado ontem, estão proibidas todas as manifestações e eventos públicos “de forma a não comprometer o desenvolvimento das atividades letivas e administrativas” – a íntegra do ato está em http://j.mp/15kh869

Anna Cintra se coloca, hoje, ao lado do vergonhoso coronel Erasmo Dias, que comandou a invasão de nossa universidade em 1977. Não bastasse ignorar a democracia puquiana, agora ela também ignora tantos que vieram antes de nós e combateram o autoritarismo em nossa universidade e país.

A professora vai tentar reitorar a bala e fogo, porque é só isso que lhe resta. Apoio não há algum; diálogo está ausente de seu vocabulário.

Que isso sirva de prova e exemplo a todos aqueles que, tão míopes, ainda poderiam acreditar num suposto bem à PUC-SP que Anna Cintra poderia trazer. Não trará: nenhuma universidade se mantém enquanto tal sem diálogo, sem a disputa ideológica.

Nos termos da lei, lembramos de uma das principais conquistas de 1988: “Art. 5º; IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”

A LUTA CONTINUA. VENCEREMOS.

Democracia Na PUC – SP
Esse post foi publicado em Notícias, Saiu na mídia e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s